sexta-feira, 29 de outubro de 2010

Mané Garrincha foi um anjo que o alcoolismo destruiu. É urgente proibir propagandas de bebidas alcoólicas


Mané Garrincha foi apenas mais um que o alcoolismo destruiu





Dia 28/10/1933 nascia em Pau Grande (RJ) um menino que já foi chamado de "anjo de pernas tortas".

Foi um vencedor no futebol. Foi campeão do mundo, campeão brasileiro e carioca. Foi um ídolo.

Na foto acima 8 jogadores da seleção mexicana marcam um único brasileiro: Mané Garrincha.

Os mais velhos contam que quando a bola chegava aos seus pés todos sorriam. Até a torcida adversária sorria.

Ele foi único (veja mais sobre ele no final deste texto).

Foi, talvez, o jogador brasileiro mais amado por sua geração.

Feliz no futebol, infeliz na sua vida pessoal.

A bebida alcoólica entrou forte na sua vida, desgraçando-a.

Clique Aqui
O homem que fazia todos sorrirem viveu em um pesadelo.

Lembro desta história todas as vezes que vejo propaganda de cerveja na TV, mostrando pessoas felizes, se divertindo.

A propaganda passa a mensagem: beba! Consuma bebida alcoólica!

Pior, a propaganda constantemente diz que quem bebe é feliz e quem não bebe é bobo.

O álcool é um problema seríssimo.

Não deveria ser incentivado através de propaganda e marketing.

Toda propaganda e marketing relacionado à bebida alcoólica deveria ser proibido.

Seria ótimo para o Brasil esta proibição.

São bilhões de reais gastos em propagandas que incentivam o consumo de algo que faz mal.

Quem coloca este dinheirão no bolso não quer que a propaganda seja proibida.

Somente uma campanha como a da Lei da Ficha Limpa será capaz de remover os obstáculos financeiros e políticos que impedem esta proibição.

Pense nisto!


Dicas, pensamentos, mensagens e novidades do site Psicologia Racional





OBS: as mulheres são o novo objetivo do marketing de incentivo ao consumo de bebidas alcoólicas. Os bilhões de reais gastos com propaganda dirigida ao público feminino estão dando resultado: o número de mulheres alcoólatras está aumentando.

O Mistério da Saúde divulgou um estudo no qual o número de mulheres que ingerem álcool passou de 8,2% para 10,6% de 2006 a 2010.

No mesmo período o aumento do consumo entre adultos (de ambos os sexos) foi de 16,2% para 18%.

Os homens ainda bebem muito mais, mas o aumento de mulheres consumidoras de álcool e as alcoólatras do sexo feminino foi maior.



Quem perde se a propaganda de bebidas alcoólicas for proibida:

1) os donos de rádios, jornais, tvs e sites na internet

2) pessoas que fazem e distribuem a propaganda

3) artistas e outras personalidades que são patrocinados por estas empresas

4) empresas que produzem, distribuem e vendem bebidas alcoólicas

5) políticos que são financiados por estas empresas para defenderem os interesses delas


Autor: Regis Mesquita

PS: muito se fala de Pelé tricampeão mundial de futebol. Mas, Garrincha foi fundamental na Copa de 1958, na Suécia. Na Copa de 1962, depois que Pelé se contundiu, todas as esperanças estavam depositadas nele. Ele não desapontou ninguém; foi o grande jogador da Copa - Brasil campeão. 

É considerado o maior ponta direita da história do futebol. Alguns o consideram o melhor de todos os tempos. Ele jogou 61 partidas pela seleção brasileira, só perdeu uma. 

Carlos Drummond de Andrade escreveu sobre ele: 

"Se há um Deus que regula o futebol, esse Deus é sobretudo irônico e farsante, e Garrincha foi um de seus delegados incumbidos de zombar de tudo e de todos, nos estádios. Mas, como é também um Deus cruel, tirou do estonteante Garrincha a faculdade de perceber sua condição de agente divino. Foi um pobre e pequeno mortal que ajudou um país inteiro a sublimar suas tristezas. O pior é que as tristezas voltam, e não há outro Garrincha disponível. Precisa-se de um novo, que nos alimente o sonho."



Acompanhe o site Psicologia Racional através do twitter: https://twitter.com/mesquitaregis






Propagandas de bebidas tentam te fazer de trouxa. Cuidado.












Para refletir:


"O Brasil perde 7,3% do Produto Interno Bruto (PIB) em decorrência de problemas relacionados ao álcool. O custo do uso abusivo de bebida alcoólica atingiu, em 2014, algo como R$ 372 bilhões."

"Todo ano, motoristas embriagados matam 50.000 pessoas. As vítimas de traumatismo chegam a 500 mil pessoas. A maioria dos feridos são levados para um pronto-socorro público. Os planos de saúde não devolvem nada ao SUS. Quem paga a conta dos feridos e mutilados é o cidadão, com seus impostos."


"R$ 242 milhões foram entregues pela indústria de bebidas para 76 deputados de 16 partidos nas últimas eleições."

"Somente Eduardo Cunha, presidente da Câmara dos Deputados, recebeu sozinho um caminhãozinho com mais de 1 milhão de uma empresa da Ambev."

"O financiamento de campanhas de políticos deixa evidente que os interesses de algumas empresas são opostos aos interesses da população e do país."

"No segundo caso, a indústria de bebidas despeja anualmente mais de 4 bilhões de reais em publicidade em emissoras de rádio e TV e estima-se que mais de 80 senadores e deputados possuem centenas de concessões de rádio e TV espalhadas em todo pais. Os congressistas são parte deste negócio bilionário."

(Fonte: DCM)






Atenção: 

receba todos os novos textos do site Psicologia Racional no seu email. Na coluna da direita existe um lugar para digitar seu email (será mandado um email de confirmação, clique no link deste email para efetivar a inscrição). Outra opção é você se tornar seguidor do site. 

É simples! É rápido! É fácil!




Licença para reprodução dos textos do site Psicologia Racional: siga as instruções








Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...