domingo, 14 de novembro de 2010

Pedofilia e o desejo de se exibir - marcas de uma patologia moderna



Se prepare para se defender das várias faces da maldade




Na Espanha mais um padre pedófilo foi descoberto. Ele mantinha em seu computador mais de 600 GIGABYTES de arquivos de pedofilia.

Suspeita-se que ele era traficante de fotos e vídeos pedófilos.


Existe um grande mercado negro de imagens pedófilas. Se é proibido e tem gente que se excita com elas, significa que tem gente disposta a PAGAR por tais vídeos e fotos.

Se tem vídeos é porque alguém não se contenta em ser apenas pedófilo; quer filmar e "deixar sua marca".

A sexualidade pode levar as pessoas a limites terríveis.


As perversões sexuais se popularizaram através da internet. É fácil difundir anonimamente todo tipo de conteúdo. Dos mais belos aos mais perversos (leia mais aqui).

O desejo de se exibir se tornou a marca registrada da Internet através, principalmente, das redes sociais e da facilidade de filmar e fotografar e difundir estas imagens.






O gasto com vaidade e consumo supérfluo aumentou muito, pois aparecer e se exibir passou a ser uma necessidade praticamente vital na vida de grande parte da população.

Outro sintoma desta patologia do exibicionismo é: uma das melhores formas que os artistas possuem para se promoverem é se envolverem em situações "delicadas". Desta forma, chamam a atenção e ficam mais conhecidos.

Concluindo: para aparecer de forma sadia a pessoa tem que ter competência extraordinária em algo. Isto, na maioria das vezes é construído com esforço, persistência, dedicação, boa vontade, determinação, etc. E, mesmo assim, você será especial para poucas pessoas.

Dar intensidade em sua vida, através do usufruto do que se é e do aproveitamento do que é positivo, gera pouco impacto nas outras pessoas. Não é notícia, nem é significativo para as pessoas que estão além do seu círculo íntimo.

Em outras palavras: ser feliz e realizado te fará (na imensa maioria das vezes) ser um sujeito anônimo.

Muitas pessoas não toleram esta verdade. Buscam algo mais. Querem deixar sua marca. Precisam que tenham muitas pessoas olhando para elas ou para o resultado do "seu trabalho". Não querem ser anônimos (querem mostrar o que fazem, compartilhar com alguém o fruto da sua "coragem").

Por isto elas escolhem o superficial, o supérfluo, a mentira; e partem para testar os limites dos seus instintos e desejos.

Alguns, mais perturbados, levam este fator ao extremo e praticam a pedofilia, a mutilação do próprio corpo, a auto-destruição das drogas e a vaidade excessiva.

A sociedade está mudando muito rapidamente. Compreender que o desejo de exibição se tornou um ponto vital na vida de boa parte da população é importante para evitar que seus alunos, filhos e amigos fiquem com a mente dominada por esta necessidade.


É interessante notar que este desejo de exibição torna-se maior quanto mais o ser humano torna-se anônimo.

Explico:

Um sujeito que mora em uma cidade média ou grande sai na rua e poucos o reconhecem. É um anônimo, com poucos vínculos sociais.

Um sujeito que mora numa vila da amazônia, por exemplo, conhece todo mundo a sua vila. Tem parentesco com a maioria. Todos sabem da sua vida, sabem o que possui, como vive, o que come, o que veste, do que gosta. É uma vida pública, com laços sociais extremamente sólidos.

É oposto da pessoa que mora em uma cidade grande que tem que postar um prato de comida no Facebook e avisar para onde foi viajar. Caso contrário, quase ninguém vai ficar sabendo da sua vida.

Se exibir é uma tentativa de avisar para as pessoas quem é e o que faz (dar o conhecimento) e tentar ter o REconhecimento.

Não existe reconhecimento sem antes ter o conhecimento. Em uma sociedade com milhões de pessoas e laços sociais frágeis as pessoas se ressentem de terem pouco reconhecimento.

Algumas pessoas levam ao extremo a necessidade de se exibirem para tentar romper com o anonimato.

Extremo no esporte, na vida sexual, etc.

Mostrar o que faz de forma sadia fará algumas pessoas compartilharem fotos de uma viagem. De forma perversa será foto de pedofilia, tortura, e outros abusos.

Torne-se forte para enfrentar a maldade.



Dica: abra mão de qualquer prazer que envolva uma situação degradante ou negativa para alguém. São neste pequenos momentos que você treina sua mente para buscar o prazer com o que é nobre e positivo. O pedófilo é o sujeito que se permitiu ter pequenos prazeres negativos, e depois foi crescendo até que chegou à perversão.



PS: pedofilia sempre existiu e sempre foi muito bem escondida. Hoje em dia o diferencial é o desejo de torná-la pública (compartilhada).



Atenção:

receba todos os novos textos do site Psicologia Racional no seu email. Na coluna da direita existe um lugar para digitar seu email (será mandado um email de confirmação, clique no link deste email para efetivar a inscrição). Outra opção é você se tornar seguidor do site.

É simples! É rápido! É fácil!




Eu agradeço muito se você recomendar esta postagem no G+, curtir no Facebook, retuitar ou mandar o link via email.






Torne-se forte para enfrentar a maldade





Para refletir:


Liberdade não é fazer tudo o que gostaríamos. Isto é escravidão! Deixar com que nossos desejos dominem nossa vida é uma forma fácil de gerar angústia, desilusão, preguiça, ineficiência, insucesso.

O espírito forte observa a realidade e age segundo as oportunidades que aparecem, ao mesmo tempo em que traça metas de longo prazo e se dedica a atingi-la. Ele pratica a autoprivação voluntária, desta forma conquista muito mais e desfruta de muito mais paz, prazer e felicidade.

Esta lição está gravada na mente de todos os espíritos encarnados, pois nas várias encarnações anteriores já aprenderam esta verdade.



Texto originário da página Nascer Várias Vezes do Facebook: https://www.facebook.com/nascervariasvezes



Leia também:


Menos sono, menos sexo, menos qualidade de vida

A pornografia pode te fazer aprender ou sofrer. Histórias de vícios e de descobertas libertadoras.

O sexo prazeroso prometido por uma igreja evangélica conservadora e a religião repleta de benefícios na Terra

Aprenda a usar o ato sexual para revitalizar sua mente e seu corpo

Games violentos, hiper-estimulação e as mudanças no cérebro da pessoa

A humildade e o conhecimento progressivo da vida




Não se entregue ao prazer gerado por situações negativas



Licença para reprodução dos textos do site Psicologia Racional, siga as instruções.   



Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...