terça-feira, 23 de novembro de 2010

Preconceito e ódio no Brasil








A Fundação Perseu Abramo pesquisou o preconceito no Brasil.

O resultado está na tabela acima.

Dois resultados chamam a atenção. Primeiro: os ateus são os mais odiados. 

Um preconceito! Muita gente associa a falta de crença na existência de Deus com a ausência de moral. O que é uma completa idiotice. 

O fato da imensa maioria dos ateus serem pessoas boas e honestas apenas mostra que ninguém precisa da religião para ser justa, correta e trabalhadora.

Um dos países que tem mais ateus no mundo, a França, é um exemplo de segurança e organização. 




Segundo: o número de raivosos contra os gays diminuiu bastante. Acho que em parte é consequência de programas televisivos e das campanhas educativas que apresentam os homossexuais em suas vidas normais (trabalho, estudo, amor, sonhos, profissões).

Outro fator que contribui para a diminuição do preconceito contra homossexuais é o fato dos homens não afeminados, que são homossexuais, estarem assumindo publicamente sua opção. Parte das pessoas que tem preconceito associa a homossexualidade ao desequilíbrio de atitudes e pensamentos. Quando pessoas "normais" se assumem como homossexuais o preconceito cai por terra.







Agradeço muito se você recomendar esta postagem no G+, curtir no Facebook, retuitar ou mandar o link via email.



Para você que está conhecendo o site PSICOLOGIA RACIONAL: este site se propõe a ter textos originais que discutam assuntos do cotidiano. São textos que podem servir para reflexão sobre a vida que cada um leva. 





Leia também:















Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...