segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011

O negativismo te faz valorizar os problemas e esquecer os benefícios. Aprenda com esta linda estória hindu







Autor: Padre Anthony de Mello


O senhor Vishnu* estava tão farto das contínuas petições do seu devoto que, um dia, apareceu diante dele e lhe disse: "Decidi conceder-lhe as três coisas que você deseja pedir-me. Depois não voltarei a atendê-lo em mais nada."

Cheio de alegria, o devoto fez o seu primeiro pedido sem pensar duas vezes. Pediu que sua mulher morresse, para que pudesse se casar com uma melhor. Seu pedido foi imediatamente atendido.



Mas, quando seus amigos e parentes se reuniram para o funeral e começaram a recordar-se das boas qualidades da finada esposa, o devoto caiu em si e conclui que havia sido um pouco precipitado. Agora reconhecia que havia sido absolutamente cego às virtudes da mulher. Por acaso, será que era mais fácil encontrar outra mulher tão boa como ela?


De maneira que, pediu ao Senhor que a ressuscitasse. Com isso, só lhe restava um pedido a fazer. E estava decidido a não cometer um novo erro, porque, desta vez, não teria possibilidade de remediá-lo.

Pediu, então, conselho aos demais.

Alguns amigos o aconselharam a pedir a imortalidade. Mas, de que serviria a imortalidade – disseram-lhe os outros –, se não tinha saúde? E de que lhe serviria a saúde, se não tivesse dinheiro? E de lhe que serviria o dinheiro, se não tivesse amigos?...

Passaram-se os anos e ele não podia determinar o que deveria pedir: vida, saúde, riquezas, poder, ou amor?...

Por fim, suplicou ao Senhor: "Por favor, aconselha-me. O que devo pedir?"

O senhor riu ao ver os apuros do pobre homem, e lhe disse:

"Pede para que você seja capaz de contentar-se com tudo o que a vida lhe ofereça, seja lá o que for..."


Moral da História: vamos pedir menos e ouvir mais a Deus.

* Vishnu - do sânscrito - literalmente, é o "Todo-Interpenetran te". Vishnu é um dos aspectos do Divino (Brahma, Vishnu e Shiva). É o Senhor do Amor que viaja no coração espiritual de todos os seres.




Para refletir:

Desenvolva a capacidade de se contentar com o que a vida lhe oferece. Mente contente consegue seguir em frente e ser cada dia melhor e mais sábia.

Regis Mesquita.




Curta agora a página do site Psicologia Racional no Facebook.


A importância da gratidão para turbinar sua inteligência

Sair do negativismo traz muitas vantagens. Porém, é preciso que você entenda que o positivo só tem valor se for verdadeiro e/ou estiver associado a alguma qualidade nobre - como a gratidão.

Os ganhos para a pessoa vão além de uma vida com mais paz. Até a inteligência é estimulada.

Leia abaixo:

A gratidão é fundamental para o bom funcionamento da razão.

Ele ajuda a pessoa a reconhecer o positivo. Portanto, permite separar o positivo do negativo.

Cada situação é composta de muitas variáveis. Algumas positivas, outras negativas ou insignificantes.

Se você quer resolver um problema, é necessário saber qual a causa. Portanto, é necessário perceber a realidade e suas diferenças.

A gratidão é um dos filtros que permite com que a razão seja usada convenientemente.

Explico:

Uma pessoa vai à uma loja e é mal atendida. Depois de dois anos, ela ainda se lembrará desta loja.

Se a pessoa foi a uma loja e foi bem atendida. Dois anos depois, se ela precisar do mesmo produto, é provável que ela tenha esquecido aonde comprou.

Esse esquecimento acontece porque a gratidão é muito fraca e não consegue manter na consciência a lembrança da loja em que foi bem atendida.

Ela perdeu a oportunidade de guardar uma boa memória que lhe traria uma facilidade (identificar a boa loja facilmente).

Ao desprezar sua experiência pessoal, esta pessoa aceitará a influência externa.

Ou seja, usará a experiência de um amigo, conhecido. Ou se deixará ser influenciado por televisão, revistas ou outra mídia qualquer.

Não fortalecer a gratidão é perder grande parte da sua própria experiência e abrir mão de construir sabedorias.

Não fortalecer a gratidão é ser influenciado facilmente. Quem perde as boas referências pessoais acaba aceitando o que vem dos outros.

Concluindo: fortaleça a sua capacidade de ser grato. Construa, desta forma, sua própria sabedoria.

Autor: Regis Mesquita
https://twitter.com/mesquitaregis


Texto originalmente postado na página Nascer Várias Vezes do Facebook
Conheça, curta e use-a para seu aprendizado.











ATENÇÃO: Receba todos os novos textos do site Psicologia Racional no seu email. Na coluna da direita tem um lugar para digitar seu email (será mandado um email de confirmação, clique no link deste email para efetivar a inscrição). Outra opção é você se tornar seguidor do site.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...