sexta-feira, 27 de maio de 2011

A compaixão como forma de autoproteção psíquica




A compaixão é autodefesa. A serenidade é carinho consigo mesmo.




Os sentimentos nobres são fundamentais para a autodeterminação das pessoas. Autodeterminação significa a capacidade de ser ela própria, sem copiar modelos externos.

Estes modelos externos podem ser roupa, modo de falar ou se comportar, sentimentos, pensamentos, etc.

Ou seja, quem não prioriza os sentimentos nobres tende a copiar modelos externos.



Este processo é mais fácil de se observar em adolescentes que formam grupos, todos vestidos da mesma forma, com o mesmo estilo de roupa, etc. Nesta idade, este fenômeno não é totalmente inadequado.

Nos adultos, o mais comum é a mimetização de sentimentos e pensamentos. É muito MAIS FÁCIL COPIAR O NEGATIVO. Por isto os jornais de tv, rádio ou em papel, estão lotados de negatividades. Algumas explícitas, outras disfarçadas.

A função destas notícias é despertar nas pessoas "indignação", insatisfação, tristeza, desestímulo, desesperança, etc. Pessoas sem energia tendem a aceitar passivamente o que acontece e tendem a seguir modelos externos.







Os sentimentos nobres bloqueiam esta carga de negatividade, evitam julgamentos precipitados, e dão paz interior para buscar soluções. A mente se torna menos reativa e mais reflexiva, menos cansada e mais ativa.

Vamos a um exemplo: o conhecido ministro Antônio Palocci ficou várias vezes mais rico. Tinha um patrimônio de R$350 mil, agora tem um patrimônio de mais de R$8 milhões. Em quatro anos, quando era deputado, prestou serviços para empresas. (ATENÇÃO: este texto foi escrito antes da operação Lava Jato. Foram usadas as informações disponíveis na época. Esqueça do político e pense na lógica da compaixão.)

Como é político todo mundo já desconfia. Eu também! A imprensa, por interesse econômico dos donos dos jornais, querem que nós passemos da desconfiança para o julgamento. Não poupam esforços para negativizar a situação.

No Brasil tem muita corrupção, ele é político, portanto é possível que tenha algo errado com os negócios pessoais dele. Neste momento deve entrar a compaixão - a decisão de não julgá-lo sem ter provas. Esta decisão não é para ser bonzinho com o atual ministro. É PARA SER BONZINHO CONOSCO.

A compaixão evita que sejamos inundados por negatividades, que nosso dia-a-dia fique pior, que nossa mente se canse, e que sejamos feitos de bobos em um jogo político onde só tem lobo querendo comer os cordeiros, que somos nós.

A compaixão permite a paz, e a paz nos permite RACIOCINAR melhor. Desta forma não copiamos modelos externos, nos centramos em nós mesmos - onde Deus habita e onde temos recursos pessoais essenciais.

Vou dar como exemplo uma outra notícia: uma empresa recebeu a restituição do imposto de renda. Segundo os jornais e os políticos, o dinheiro foi liberado através de tráfico de influência. Agora a fala do dono da empresa: "Depois de três anos esperando a devolução do meu próprio dinheiro, entro com mandato, o juiz aceita e libera o nosso e mais 3.900 outras empresas", respondeu o empresário pelo Twitter. "E vem uma notícia que liberei em 44 dias por causa de influências Superiores. É abusar da ignorância alheia", confirmou. (fonte: Brasil Econômico) Observe: ao não precipitar no julgamento você tem tempo para acumular mais informações sobre uma notícia.

Qual é a estratégia dos jornais? SATURAR a mente das pessoas com qualquer notícia ruim (mesmo que seja falsa), qualquer informação é mostrada negativamente, numa sequência de negatividades que acaba dominando a mente das pessoas. O objetivo: que as pessoas não pensem, e sigam os interesses de quem faz a campanha de notícias negativas.





Observe bem: não defendo político nenhum. O site Psicologia Racional tem outra função. Em um mundo onde o negativismo é usado para tudo, este blog é uma gotinha na luta contra este costume. Não somos um site de política, somos um site que quer mostrar como os sentimentos e pensamentos podem ser usados para gerar o bem ou o mal.

Portanto, quem aprende a usar a compaixão possui mais paz de espírito e desta forma consegue raciocinar melhor e ser mais ativo.


"Seja a compaixão! Incondicionalmente, não direcionada, não endereçada. Assim você se torna uma força curativa nesse mundo miserável.

Não pense só em você! Sua evolução está intimamente ligada ao amor incondicional"!

Osho


Autor: Regis Mesquita
https://twitter.com/mesquitaregis


Livros do autor Regis Mesquita




Acompanhe o site Psicologia Racional no Facebook:

 Curta a página: clique em "Curtir Página"





Boas energias e boas vibrações





Leia também:


Tem certeza de que é você quem controla sua mente?

Saiba como os adultos transformam-se em infelizes e insatisfeitos

Como a propaganda te influencia sem você perceber

O caminho do dinheiro. Da ditadura militar ao PROUNI

Música para perdedores: Starships de Nicki Minaj

Aproveitar do que se é, a melhor forma de mudar a vida (e o corpo)

A melhor forma de conquistar o autocontrole

Corrupção: a verdade aparece quando há coragem para observar e investigar







Dica:

Pesquise nos marcadores, na coluna da esquerda, mais textos clicando em AUTOSSABOTAGEM. 



Livro: o único presente capaz de mudar uma vida

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...