quinta-feira, 30 de junho de 2011

O medo de conquistar o que se quer (medo do sucesso)



O caminho mais difícil é aquele que vive na cabeça da pessoa e que nunca é testado. Psicologia





A forma mais radical de viver a vida é dizer sim a ela. Cada vez que você diz sim, abre as "portas" para as "coisas" acontecerem. É o novo que poderá vir, é o diferente que não conhecemos, é o que não temos controle, é o que nos tira da zona de conforto.

O "não" significa o fim de oportunidades. Significa o enraizamento onde a pessoa está e no que ela conhece. O "não" prefere a realidade conhecida, mesmo que ela não seja boa. É a repetição e a diminuição do aprendizado e do amadurecimento.

domingo, 26 de junho de 2011

Estresse estimula regiões do cérebro associadas à depressão, ansiedade e esquizofrenia




Menos stress com a mente neutra e vibrações nobres






Pesquisa mostra que o estresse estimula regiões do cérebro associadas à depressão, ansiedade e esquizofrenia em habitantes de centros urbanos. Próximo passo é estudar componentes específicos da cidade para descobrir o que causa esse comportamento cerebral.


Por: Sofia Moutinho (Ciência Hoje)

Um estudo publicado na revista Nature mostra pela primeira vez que o ambiente urbano afeta o modo como nosso cérebro lida com o estresse e sugere que a vida nas cidades pode desencadear distúrbios como a ansiedade, a depressão e a esquizofrenia.

Conduzida por cientistas alemães, canadenses e ingleses, a pesquisa revela que, em situações de estresse, as pessoas que vivem ou foram criadas em grandes cidades apresentam um nível alto de atividade em duas regiões do cérebro que regulam as emoções, a amígdala e o córtex cingulado anterior.


A medicalização da vida não para de crescer. A invenção de doenças e regras de saúde para ganhar dinheiro. Saiba como se defender.



A medicalização da vida quer transformar tudo em doença para alguém ganhar dinheiro com esta negatividade





Amigos do site Psicologia Racional,


Abaixo coloco um texto muito interessante, depois vem meus comentários.



Dr. Ricardo Texeira

"A medicalização não para de crescer. Percebemos limites da normalidade de marcadores biológicos cada vez mais estreitos além de um crescente número de  novas doenças. O que não era diabetes agora se chama pré-diabetes. O que não era pressão alta, agora é pré-hipertensão. Transtorno de déficit de atenção que tinha que começar na infância, agora já se discute que pode ter seu início na vida adulta. Quase não existe mais tristeza. Qualquer sentimento parecido é encarado como depressão.

quinta-feira, 23 de junho de 2011

Benzer à distância: a ciência (quase) explica este fenômeno



Oração é energia que viaja e chega distante





Amigos do site Psicologia Racional,


Saiu, na Revista Ciência Hoje (282), uma matéria que me empolgou. O texto explica o funcionamento da matéria/onda e a forma pela qual a ação da matéria/onda pode se dar à distância.

A física, com as novas tecnologias de pesquisa, será o mecanismo pelo qual compreenderemos vários fenômenos que sabemos que existem, mas nunca foram provados.

Um destes fenômenos que sabemos que existem, mas nunca foram devidamente estudados, é o benzimento à distância.


O Primeiro grande massacre dos Cristãos



Manifestação contra o massacre de cristãos na Índia




Amigos do site Psicologia Racional,

Infelizmente, não é de hoje que o ser humano usa a religião para destruir a vida alheia. Apresento para vocês um relato impressionante sobre o que aconteceu em Roma no início do cristianismo. Uma descrição apurada que você encontrará em poucos lugares.

Depois de tantos séculos, o problema de violência religiosa continua grave. Isto tem que mudar! Ter prazer com a desgraça alheia é um terrível incentivo para a perpetuação da violência.


quarta-feira, 22 de junho de 2011

Os filhos do Bill Gates, os livros e a dificuldade de concentração. Aprenda a relaxar e combater a ansiedade lendo livros.



Bill Gates defende a leitura de livros para desenvolver a mente






"Meus filhos terão computadores, sim, mas antes terão livros. Sem livros, sem leitura, os nossos filhos serão incapazes de escrever, inclusive a própria história".

Bill Gates



terça-feira, 21 de junho de 2011

Os maiores arrependimentos das pessoas no momento da sua morte. O que mais incomoda os doentes terminais ao refletirem sobre suas vidas.




O seu caminho é somente seu. Outros podem acompanhá-lo, mas ninguém pode caminhar por você. Saiba mais sobre o momento da morte.




O Amigos do site Psicologia Racional,

O autor do texto é um enfermeiro que cuida de pacientes terminais. Abaixo segue o texto que revela sua experiência com estas pessoas nos momentos finais da vida:

Os maiores arrependimentos no momento da morte

Por muitos anos eu trabalhei com cuidados paliativos. Meus pacientes eram aqueles que iam para casa para morrer. Compartilhamos juntos muitos momentos especiais, eu estava com eles nas últimas três ou quatro semanas de suas vidas.


domingo, 19 de junho de 2011

Bispo de Guarulhos sobre o estupro: "É muito difícil uma violência sem o consentimento da mulher, é difícil". Enquanto houver maldade, uma de suas facetas será acusar e depreciar as mulheres.



Bispo de Guarulhos desmerece mulheres estupradas. A mulher não é culpada do estupro.






O Bispo de Guarulhos, Luis Gonzaga Bergonzini, ficou conhecido quando fez campanha para o José Serra contra a Dilma. Aquele papo de aborto, etc.

Ele continuou sua cruzada, agora contra as mulheres. As palavras dele: "Vamos admitir até que a mulher tenha sido violentada, que foi vítima... É muito difícil uma violência sem o consentimento da mulher, é difícil".

sábado, 18 de junho de 2011

Você prefere ser cego ou obeso? Valores distorcidos criando pessoas com crenças erradas.



Você prefere ser cego ou ser obeso? A extrema importância da vaidade



Diante da questão que está no título da coluna, 15% dos norte-americanos disseram que prefeririam ser cegos a ser obesos, 25% achariam melhor até sofrer uma depressão grave, daquelas que tiram a vontade de sair da cama. Maluquice?

Gilberto Dimenstein


Se você tentar descobrir quanta gente a seu lado não deixa de fumar, arriscando-se a ter um câncer, com medo de engordar, verá como o estigma do peso produziu um distúrbio emocional coletivo...

Vivendo aqui, nos Estados Unidos, tenho a sensação de que nada parece ameaçar mais os norte-americanos do que a obesidade.

Na lista de temores nacionais, o excesso de gordura supera os terroristas, a China e até o desemprego.


quinta-feira, 16 de junho de 2011

Falta de autocontrole: Brasil consome 55% de toda sibutramina produzida no mundo









O Brasileiro está acostumado a ingerir todo tipo de medicamento.

Somos os campeões de uso de psicoestimulantes. Somos os campeões no uso de antidepressivos.

Somos os campeões da cirurgia plástica.

Somos os campeões no uso de remédios para emagrecer.

Os 190 milhões de brasileiros consumem mais da metade da produção mundial de sibutramina (remédio para emagrecer).

Os outros 6 bilhões 310 milhões de humanos consomem menos da metade da produção.

terça-feira, 14 de junho de 2011

Água com flúor é água poluída e serviço de preguiçoso







Amigos do site Psicologia Racional,

Um dos motivos pelos quais muita gente só toma água mineral é fugir do flúor colocado na água que que chega na sua casa.

Alguns dentistas dizem que combate a cárie dos dentes. É o típico pensamento de preguiçoso. Ao invés de escovar os dentes, de fazer limpeza dos dentes no serviço público de saúde, escolhe-se entupir as pessoas e as plantas com um produto químico.

Tudo que tem ação, tem reação. Esta é a lei de Deus. Se o flúor reage nos dentes, irá reagir dentro de nosso corpo, ONDE NEM DEVERIA ENTRAR.

Países como Japão, Alemanha, Holanda, China e muitos outros países não fluoretam a água. A dentição das crianças vai "muito bem, obrigado".

Toda vez que existe algo inútil e ruim, tem algum espertalhão ganhando dinheiro fácil.

É assim com o seguro obrigatório de carro, é assim com a propaganda da cerveja, é assim com esta bobagem de flúor na água. Pode apostar que tem alguém ganhando...

Um amigo me mandou a entrevista de um jornalista que pesquisou sobre a campanha a favor do flúor na água, e encontrou um monte de maldade.

O vídeo é muito interessante, porque mostra a ciência (pesquisas científicas) sendo usadas e compradas com muito dinheiro das corporações industriais.

Mostra que quem ousa ser contra perde financiamento, perde poder, perde emprego. É um jogo pesado.











Até hoje é assim. Inclusive na indústria farmacêutica e seus método$$$ de marketing. Bilhões são gastos para convencer as pessoas. São gastos na compra ou influenciação de formadores de opinião, tais como jornalistas, radialistas, gente de tv, donos de empresas, etc.


Abaixo segue as 3 partes do vídeo - Não deixe de assistir:

















Acompanhe o site Psicologia Racional no Facebook

Clique em "Curtir Página"



Leia também:

A contaminação do corpo humano por produtos químicos

Cinco razões para você mudar seu comportamento na hora de comprar frutas, verduras e legumes. Agrotóxicos contaminando seu corpo

Obesidade: como o imaturo sabota a própria vida

A arte de aumentar o próprio sofrimento 

Jejum ajuda a combater o câncer

Leite materno contaminado com agrotóxicos

Reencarnação, ecologia e direitos humanos: juntos promovendo a evolução social e espiritual

A força do dinheiro inibindo pesquisas científicas com produtos e técnicas naturais

Usando o Jejum como amplificador da vivência espiritual




Receba os novos textos do site Psicologia Racional no seu email. Na coluna da direita existe um lugar para você incluir seu endereço de email. Depois é só confirmar clicando no link do email de confirmação que você receberá (para evitar spam).









Tenha um corpo são, para ter uma velhice saudável.



Clique Aqui


domingo, 12 de junho de 2011

Paixão nasce do egoísmo. Amor nasce do altruísmo. É boa fortuna manter o equilíbrio.


i Ching: devo continuar namorando com ela? Hexagrama 60




Por Regis Mesquita



Namoro gera muitas dúvidas. Algumas ferramentas podem ajudar na reflexão sobre o que fazer. Uma que eu gosto é o livro I Ching.

O texto abaixo foi escrito quando tinha 18 anos, ao jogar o I Ching para a pergunta: vale a pena continuar envolvido com fulana de tal?

Saiu o hexagrama 60 - CHIEH - Limitação

Ao lê-lo fiz esta reflexão:

A capacidade de se apaixonar é um ato egoísta, pois eu quero algo que é bom para mim e que me interessa. A capacidade de manter a paixão é um ato altruísta. Servir, cuidar, amparar, gerar segurança, perceber a necessidade alheia - tudo isto é o que amplifica a paixão e permite que o amor se expresse.

Se o altruísmo se impor virá a perda de limites e o "lago pode transbordar". Se o egoísmo se impor não haverá "água para encher o lago". Portanto, necessário é equilibrar até o que é bom.

Eduardo e Mônica:o surgimento do amor a partir da aceitação do outro







O grupo Legião Urbana lançou a música Eduardo e Mônica há 25 anos.

Conta a história de duas pessoas super diferentes que se ACEITAM.


sexta-feira, 10 de junho de 2011

Como se forma um gênio como o escultor Auguste Rodin? A importância da resiliência para formar pessoas vitoriosas.





Em 1840 nasceu um gênio chamado Auguste Rodin? Não, ele não nasceu gênio. Ele se tornou um gênio, nasceu com potencialidades, vocações e plano de vida.

A sua genialidade foi o fruto final de um longo processo de estudos, tentativas, erros, treinamentos, aprimoramentos, fracassos.

Para cada obra bem feita, ele teve pelo menos 400 fracassos.


Adolescente fica rico com criatividade e planejamento. Aprender a planejar, testar, buscar soluções e superar dificuldades



Saiba gerar mais satisfação, mais alegria, mais carinho sendo criativo




Amigos do site Psicologia Racional,

Uma das mais importantes funções da educação, seja em casa ou na escola, é incentivar as crianças, adolescentes e adultos a planejar, testar, buscar soluções e superar dificuldades.

É o que costumo chamar de ciclo completo: do planejamento, à execução, ao usufruto.

Antigamente, apesar das escolas serem mais limitadas do que hoje em dia, as crianças tinham uma outra grande escola: a rua.

terça-feira, 7 de junho de 2011

Jovens de classe média adotam a preguiça como profissão. Estratégias para superar a preguiça e a procrastinação. Conquiste vitórias e realizações.



Aquele que se recusa a abraçar uma oportunidade perde o prêmio tão seguramente como se tivesse falhado. William James





Amigos do site Psicologia Racional,

Como lidar com uma parcela da população jovem que cresce sem ambição, sem motivação profissional, procrastinando e com pouco interesse?

O texto abaixo revela um pouco sobre a vida destas pessoas. Depois eu comento.


"Andréa M., 22, formada em gastronomia, revela sua receita predileta: levar a vida em banho-maria. "Em plena quarta-feira, fui à praia com uma amiga. Se eu estivesse trabalhando, isso não seria possível", diz.

Qualidades não faltam a Andréa. Além do talento na cozinha, fala espanhol fluente. Mas, no currículo, há somente quatro experiências que não somam mais do que seis meses de trabalho.


quinta-feira, 2 de junho de 2011

Distúrbio de atenção TDAH, porque tem tanto erro no diagnóstico? (a importância do movimento para a saúde psíquica das pessoas)



Criança reflete o que ela vive. Educar crianças. Deixar a criança se movimentar. Gaiarsa





Amigos do site Psicologia Racional,


Uma das doenças da moda é o transtorno de déficit de atenção e hiperatividade (TDAH - transtorno de déficit de atenção e hiperatividade). Ela está tão na moda que a imensa maioria dos diagnósticos estão errados. A falta de preparo de alguns profissionais e a ganância de outros gera um quadro calamitoso. As dificuldades da escola e de alguns pais em lidar com a frustração também ajuda na explosão de falsos diagnósticos.

Um especialista escreveu: "das 128 que tomavam remédios para tratá-lo, apenas 27,3% cumpriam os critérios diagnósticos para TDAH. - A coordenadora de uma das principais escolas de Brasília que me revelou que quase metade das crianças da escola já recebeu o diagnóstico. - Durante uma aula de educação física, uma professora dessa escola chamou a atenção de um aluno para seguir sua orientação e a resposta foi desconcertante: “Professora, não peça isso para mim. Sou TDAH”. (leia mais)


LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...