terça-feira, 2 de agosto de 2011

Briga de casais: não se esqueça que seu cérebro completa e inventa a realidade





Há um falar e dois entenderes, diz o povo. Na verdade há um falar e vários entenderes. Machado de Assis  Briga de casal




Regis Mesquita


Amigos do site Psicologia Racional,


Recebi um email simpático de um homem que descreve a sua dificuldade de comunicação com a esposa. Diz que a esposa distorce tudo o que ele fala. Pergunta: como isto é possível?

Me lembrei deste texto que circula na internet:


"Fixe seus olhos no texto abaixo e deixe que a sua  mente leia corretamente o que está escrito.

35T3  P3QU3N0  T3XTO  53RV3  4P3N45  P4R4  M05TR4R  COMO  NO554  C4B3Ç4  CONS3GU3  F4Z3R  CO1545  1MPR3551ON4ANT35!  R3P4R3  N155O!

NO  COM3ÇO  35T4V4  M310  COMPL1C4DO,  M45  N3ST4  L1NH4  SU4  M3NT3  V41 D3C1FR4NDO  O  CÓD1GO  QU453  4UTOM4T1C4M3NT3,  S3M  PR3C1S4R  P3N54R  MU1TO,  C3RTO?

POD3  F1C4R  B3M  ORGULHO5O  D155O!  SU4  C4P4C1D4D3  M3R3C3!

P4R4BÉN5"!


Este texto é bem legal. Significa que seu cérebro vê uma realidade e compara com algo que JÁ EXISTE dentro dele. O cérebro busca sentido para os traços que formam as frases acima.


A realidade, sob a forma de impulsos nervosos, é capturada pela mente. Lá dentro da sua cabeça ela é processada. Este processamento significa SEMPRE distorção da realidade. Pode ser muita ou quase nenhuma distorção

A capacidade de processar muitas informações comparando-as com informações do passado foi fruto de milhões de anos evolução e tem como finalidade poupar esforço para a mente. A mente capta a realidade, compara com o que já existe e rapidamente toma atitudes, forma opiniões, etc.

Tudo o que acontece dentro da sua mente é fantasia. Esta fantasia pode estar muito próxima da realidade ou longe dela.

Faça o seguinte exercício: lembre de como é seu quarto. Isto é uma fantasia. Você está usando a imagem mental de como era seu quarto no passado e atualizando para o presente. Pode até ser que esteja próximo da realidade, mas enquanto você não for confirmar será apenas uma projeção do passado atualizada na sua mente.

Esta característica humana pode trazer muitas dificuldades para os relacionamentos. Cada um fantasia de uma forma e responde segundo os seus padrões internos totalmente diversos. Um ex-paciente reclamava que qualquer atitude dele era interpretada pela esposa como sinal de abandono e rejeição. Ele, por exemplo, chegava em casa com dor de cabeça e ela sentia que ele não foi receptivo com ela. Ela ficava triste. Surgia um clima ruim entre eles, simplesmente porque a mente dela FOCAVA o seu próprio trauma de rejeição.

Este foco repetitivo da consciência chama-se unilateralidade (nome dado por C. G. Jung). Ou seja, em boa parte das vezes o que chamamos de realidade são nossas fantasias que reinventam a realidade.

Um dos exercícios mais importantes para quem quer expandir seus níveis de consciência e se abrir para a espiritualidade é NÃO acreditar na própria mente. Ela é limitada, unilateral, usa o passado para sobrepor ao presente, é condicionada e dominada por traumas e crenças.

O que se busca é a mente clara, que possui algumas características que amenizam estas limitações.

Por exemplo, a esposa do meu ex-paciente poderia refletir assim: quando meu marido chegar em casa e não agir da forma como gostaria, não irei julgá-lo. Primeiro me informarei com ele sobre qual é a SUA realidade.

Adiar o julgamento ou eliminá-lo é uma das formas de evitar que os condicionamentos dominem suas reações.

Outra dica é Escutar o outro. Escutar com E maiúsculo. Por exemplo, se um deles disser: "é muito importante para mim que você me beije ao chegar em casa". O outro pode pensar: "Que bobagem"! ou "Que frescura"!  Todavia ele também pode pensar: "se é importante para ela, eu faço!".

Ao entender a origem dos seus problemas é mais fácil encontrar soluções e praticá-las.




Conheça meu livro Nascer VáriasVezes




Agradeço muito se você recomendar esta postagem no G+, curtir no Facebook, retuitar ou mandar o link via email.



Acompanhe o site Psicologia Racional no Facebook. Curta a página https://www.facebook.com/apsicologiaracional/



Leia  também:










Para você que está conhecendo o site PSICOLOGIA RACIONAL: este site se propõe a ter textos originais que discutam assuntos do cotidiano. São textos que podem servir para reflexão sobre a vida que cada um leva. Com isto espero contribuir um pouco com você.



Licença para reprodução dos textos do site Psicologia Racional, siga as instruções




7 comentários:

  1. Ola meu nome é Luciana sou psicologa e hipnologa adorei teu testo muito claro e verdadeiro com certesa esse blog será muito util pra mim e outras pessoas ...parabéns pelo trabalho...

    ResponderExcluir
  2. Nossa esclarecedor! Parabéns!

    ResponderExcluir
  3. Nossa, uma psicologa escrevendo testo e certesa!! Que beleza!!!

    ResponderExcluir
  4. Muito esclarecedor, sofro dessa síndrome de assimilar o passado ao presente e geralmente sofro bastante.

    ResponderExcluir
  5. Eu tenho mt ciumes do meu namorado, tudo que ele faz acho que esta fazendo algo de errado , e conversando algo com alguem de que vai me trair etc, tudo isso vem na minha cabeça , como faço para mudar isso? Eu nao consigo mudar isso.me ajuda se puder?! Obrigada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leia este texto: Viver sem ciúmes. Vou ser quem ama e oferece uma vida feliz e legal. http://caminhonobre.com.br/2015/09/02/viver-sem-ciumes-vou-ser-quem-ama-e-oferece-uma-vida-feliz-e-legal/

      Excluir

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...