quarta-feira, 20 de novembro de 2013

Mulheres modernas que continuam a agir como a Bela Adormecida. Mulheres que não conseguem ser líderes.



As Belas Adormecidas modernas. Princesa bela adormecida atual. Mulheres que não assumem seu poder.





Regis Mesquita


História real:

Ela começou a sair com um “cara” lindo que chamava atenção de todas as suas amigas. Ele foi dormir na casa dela, juntos na mesma cama. Ela esperava sexo, mas o rapaz só dormiu. Desapontada, ela chegou à conclusão de que ele era gay e acabou com o vínculo.

Vou relembrá-los da história da Bela Adormecida. Ela era linda e ficou dormindo sem NENHUMA ATITUDE e SEM NENHUM SENTIMENTO até que chegou um homem super especial: lindo, forte, macho, rico, elegante. Ele a despertou e eles viveram felizes para sempre.

Esta história machista e pervertida é impregnada na mente das meninas e serve como modelo mental para suas ações. Mesmo quando já estão grandinhas e dispostas a usufruir do sexo, elas ficam prisioneiras da “maldição” da Bela Adormecida.

A mulher leva um homem para dormir com ela na sua casa, desejando uma noite de sexo. Veste uma lingerie sexy, vai para cama e... vira a Bela Adormecida. Fica esperando o cara agir, ser o príncipe que vai despertá-la e fazê-la sentir alguma coisa. A pergunta é: se ela teve atitude de levar o sujeito para sua casa e queria sexo, porque ela não foi COERENTE com seu desejo e “caiu de boca nele”? Pense bem?


O modelo mental da Bela Adormecida depende de que o homem tome a iniciativa e assuma a LIDERANÇA. É por isto que mulheres super capazes acabam deixando de crescer na carreira profissional, por exemplo. Ficam esperando a liderança dos homens. Suas mentes estão impregnadas (programadas) para se paralisarem justamente quando estão prestes a conseguir o que querem. A mulher da nossa história queria sexo, se paralisou e ficou culpando o rapaz. Ele não foi macho, não foi líder, não foi quem dominou a situação. Ele foi passivo, e passivo é coisa de gay.

Preste atenção:  Suas mentes estão impregnadas (programadas) para se paralisarem justamente quando estão prestes a conseguir o que querem.

A Bela Adormecida da Tv, “a princesa”, dormiu e ficou esperando. Dormindo, ela não tem SENTIMENTOS, só um corpo muito lindo. A princesa é um corpo, que conquista o príncipe somente por causa do corpo. Este é o padrão perverso da Bela Adormecida. Ela não é inteligente, nem capaz, nem dinâmica, nem culta, nem tem seus próprios interesses ou seus próprios desejos. Ela é uma mulher gostosa que desperta o interesse sexual do príncipe. Só isso!

A mulher com lingerie sexy tem muito mais do que seu corpo disponível. Ela tem, por exemplo, uma alma. Uma alma capaz de acolher a insegurança do rapaz, conversar com ele, apoiá-lo, incentivá-lo, ter carinho, dar atenção, estimulá-lo... Os sentimentos nobres servem para intensificar a vida e torná-la mais eficiente. Ela tem alma, mas foi programada para dormir; sua alma adormeceu...

Tornar a vida mais eficiente: ela poderia ter tido sexo, ter cultivado um amigo, ter sido amorosa, dedicada, disciplinada. Muito melhor do que ser a frustrada que julga os outros. Ela poderia ter tido sucesso como corpo e como alma feminina. Mas, ela resolveu ser a Bela Adormecida, se paralisar e perder a sensibilidade. Sem ação e sem sentimentos nobres ela não foi capaz de mudar o curso da história tornando-a mais prazerosa e mais afetuosa.

As modernas Belas Adormecidas são assim: querem usar a vagina, mas não querem ser Mulher, com corpo, alma e dedicação ao parceiro. Ser Mulher exige ter atitude, assumir  liderança, assumir o desejo e ofertar todas as coisas lindas que existem dentro dela.


As Belas Adormecidas antigas acham que a mulher se desvaloriza ao se oferecer como fonte de prazer masculino. Pensam assim porque estão adormecidas. As modernas também estão adormecidas, por isto só oferecem o corpo. Acho que dá para perceber que o problema não é fazer sexo. A questão é romper com o modelo mental de paralisia afetiva, intelectual e de atitudes.

Ao oferecer o que é nobre quase sempre o curso da história muda, tornando-a fonte de prazer, alegria e satisfação.

Se a mulher tivesse mantido seu desejo de sexo e complementado-o com o carinho, o apoio, a atenção, ela não seria mais uma Bela Adormecida moderna. Ela seria uma Mulher com M maiúsculo.


PS: Ela teve um trabalhão para se “fantasiar” de Bela Adormecida: depilação, unha, cabelo, lingerie nova, etc. Afinal, ela não quer ser só Adormecida, quer ser a BELA Adormecida. Ela foi super ativa enquanto se preparava para “dormir”. Depois, seguiu o modelo mental: ficou paralisada. O modelo mental diz: para ser beijada pelo príncipe tem que estar bela e paralisada.



Eu agradeço muito se você recomendar esta postagem no G+, curtir no Facebook, retuitar ou mandar o link via email.


Acompanhe o site Psicologia Racional através do Facebook

Clique em "Curtir Página"


Leia também:











Atenção:

receba todos os novos textos do site Psicologia Racional no seu email. Na coluna da direita tem um lugar para digitar seu email (será mandado um email de confirmação, clique no link deste email para efetivar a inscrição). Outra opção é você se tornar seguidor do site.

É simples! É rápido! É fácil!


PS: agradeço às pessoas que acompanham o site Psicologia Racional, seja recebendo as mensagens via email, sendo seguidoras ou visitando-o de vez em quando. De “boca em boca” os números estão aumentando. Sua participação na divulgação do site é fundamental. Obrigado!





Conheça o livro Nascer Várias Vezes e leia os textos do blog

Um livro espiritualista que auxilia a transformação pessoal




Licença para reprodução dos textos do site Psicologia Racional, siga as instruções



2 comentários:

  1. Vi muitas amigas minhas descritas neste texto. Isto aí é uma forma de boicote contra elas mesmas, não é?

    ResponderExcluir
  2. Acordei!!! Não vou ser mais uma bela adormecida. Sou mulher, sou capaz, não tenho medo (não mais...). Olha, é uma lição para minha vida, já perdi várias oportunidades de trabalho por ficar insegura por ser mulher. Nunca mais vou pensar que se eu fosse homem seria mais fácil. Obrigada!

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...