sábado, 31 de março de 2012

Os desejos tornam sua vida pior e mais complicada. Pare de se destruir e tenha uma vida melhor. Os males da autodestruição.






Regis Mesquita




Como surgem os distúrbios de percepção (por exemplo, se ver diferente do que se é no espelho)?

Há um processo de negação e/ou desvalorização da própria potencialidade e da sua realidade.

A mente da própria pessoa trabalha para lhe massacrar, transformando em negativo o que existe em você mesmo.

Ao mesmo tempo idealiza o que existe fora.

Sua mente cria mal estar, vergonha, desprezo e angústia. Ela não para de desejar ser diferente.

Se sua própria mente lhe massacra, onde buscar paz, satisfação e prazer?

Fora de si mesmo, copiando modelos externos.

Exemplo: "se eu sigo a moda, me visto como todos os outros, assim me sinto mais seguro. E mais aliviado, pois o que sou fica bem escondido dos outros".

Acontece que a mente continua a negativizar e pressionar. Algumas pessoas adoecem de depressão. Outras vivem cansadas e pouco motivadas. É difícil ser feliz com a mente nos destruindo.

Qual a solução mais simples e viável?

Ser você RADICALMENTE, e usufruir de tudo que você é e possui.



Você pode criticar, mas ela está feliz.


O que "você é" é o que e onde pode usufruir. É necessário ter ousadia para ser você mesmo, pois é necessário que você se mostre, se revele.

Seja intenso! Seja radicalmente verdadeiro! O que "você é" é o bastante para viver bem. Aos poucos, com intensidade e escolhas nobres você vai se aperfeiçoando.

Use tudo de bom que você tem. Use seu amor, seu carinho, sua bondade, seu servir, sua eficiência, sua disposição, sua compaixão, sua sexualidade, etc. É a hora da ação.

terça-feira, 20 de março de 2012

Novas evidências indicam que a meditação fortalece o cérebro



Meditação pode melhorar sua vida ao fortalecer seu cérebro





O texto abaixo, da BBC, descreve os resultados de uma pesquisa da Universidade da Califórnia. O que está entre parênteses é comentário meu (Regis Mesquita).


Pesquisadores americanos descobriram mais evidências de que meditar fortalece o cérebro.


Estudos anteriores feitos pela Universidade da Califórnia (UCLA), nos Estados Unidos, já haviam sugerido que meditar durante anos torna o cérebro mais espesso e fortalece conexões entre células cerebrais.

As novas pesquisas feitas pela mesma equipe californiana revelaram ainda mais benefícios associados à prática. Os resultados foram publicados pela revista Frontiers in Human Neuroscience.

O cientista Eileen Luders e seus colegas do Laboratory of Neuro Imaging da UCLA dizem ter encontrado indícios de que pessoas que meditam durante muitos anos têm quantidades maiores de dobras no córtex cerebral do que pessoas que não meditam. Isso poderia acelerar o processamento de informações.


domingo, 18 de março de 2012

Porque defendo os direitos humanos








Regis Mesquita 

Uma das minhas motivações para manter o site Psicologia Racional é combater os preconceitos e defender os direitos humanos, seja no Brasil ou fora daqui.

Hoje recebi mais um PPS que descreve os defensores dos direitos humanos como defensores de bandidos que não se importam com as vítimas.

O nome do senador Eduardo Suplicy foi citado, junto com outros, como alguém que só se mobiliza para ajudar bandidos. No final, o PPS pergunta sobre as vítimas abandonadas.


segunda-feira, 12 de março de 2012

Natureza destruída: ela vai afetar sua vida muito mais do que você imagina



Natureza destruída gera pobreza e miséria


Observe o desenho acima.

Observe bem!

Tem algo muito errado neste desenho.

Você sabe o que é?




Reflita, e somente depois leia o texto.


segunda-feira, 5 de março de 2012

Jejum ajuda a combater o câncer. Os benefícios do jejum.




Oração do Jejum Esvazie o estômago do que é material, alivie a mente do que não é essencial, direcione o espírito para o que é fundamental





Amigos do site Psicologia Racional,

Abaixo está uma interessante notícia, depois eu comento:

"Nova York, EUA. Ficar sem comer por períodos curtos pode ajudar a combater o câncer e aumentar a eficácia dos tratamentos, de acordo com um estudo publicado na revista científica "Journal Science Translational Medicine". Segundo a pesquisa, o jejum desacelera o desenvolvimento e a tendência em se espalhar dos tumores e pode até curá-los quando combinado com quimioterapia.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...