sexta-feira, 8 de maio de 2015

Toda mãe deve aprender a se valorizar perante os filhos. 10 orientações para educar bem seus filhos e criar harmonia no lar.



As mães devem aprender a ser valorizar perante os filhos







Imagine a seguinte situação: a mãe chega do trabalho, fica com o filho, dá banho, comida, carinho, atenção. Então, ela decide fazer exercício físico em casa, por uma hora. O filho não deixa. Ela não pode seguir as orientações da fita de DVD, porque o filho quer ver desenho animado. Ela desiste de fazer exercício e fica angustiada com o corpo e com o fato de não conseguir fazer o que deseja.

Este é o resumo de um email que recebi. O que fazer?


O que estamos observando são crianças se tornarem ditadores. Pais que se sentem frágeis ou culpados deixando com que decisões importantes sejam tomadas pelos filhos.

Algumas décadas atrás o sistema era ditatorial. Os pais tomavam as decisões, pouco se conversava com os filhos. O diálogo foi um avanço muito grande. Bom para pais e filhos.

Hoje, principalmente em ambientes com muitos adultos e poucas crianças, os desejos e as necessidades das crianças são sempre priorizados. Ou seja, um novo desequilíbrio está acontecendo.

Como retomar o equilíbrio? As necessidades e desejos dos pais e dos filhos devem ter o mesmo peso e importância. A mãe do email deve conversar com o filho e dizer: "para mim é importante fazer ginástica neste horário. Portanto, você terá que brincar com outros brinquedos".

Explique a lógica para seu filho: "fique feliz em ver sua mãe feliz. Você pode ser feliz com o brinquedo e eu vou ser feliz com o exercício. Nós dois podemos ser felizes".

Isto é ensinar a dividir, compartilhar, saber esperar e, principalmente, valorizar a felicidade da mãe.

As necessidades dos filhos devem ter o mesmo peso das necessidades das mães. O diálogo democrático só é eficiente quando todos os membros da família são valorizados.

equilíbrio. Buscar soluções nas quais todos conseguirão o que é mais importante e se adaptarão para que outros também possam ser contemplados.

Clique aqui
O diálogo serve para que fique claro quais as necessidades e interesses de cada membro da família. A partir deste conhecimento deve-se buscar o

É desta forma que valores extremamente importantes podem ser cultivados: boa vontade, criatividade, amor, dedicação, servir, etc. É desta forma que se cria um lar repleto de sentimentos nobres.

Lembre-se:

1) privação é fundamental para a educação e a evolução espiritual. Leia mais aqui e aqui.

2) cabe aos pais frustrarem os filhos em vários aspectos. Esta é uma ação de amor e carinho.  Leia mais aqui e aqui.

3) as crianças devem aprender a servir os pais, assim como os pais devem servir os filhos. Cria-se um ambiente de colaboração e de boa vontade. Leia mais aqui.

4) o diálogo permite conhecer melhor seu filho; permitindo que ele seja valorizado e incentivado. Assim, pais e filhos podem juntos amadurecerem e ganharem em sabedoria; isto acontece mais facilmente em ambientes em que há o incentivo ao que é nobre e sensato.

5) diálogo só é verdadeiro se em determinado momento vier o conflito. Nestes momentos, jamais se esqueça de que o amor e a paciência são muito mais poderosos que gritos e palavras agressivas. Conflitos são convites para a reflexão; não tenha medo deles. Leia mais aqui.

6) todavia, quando todo amor, todo diálogo e toda lógica não contiver os conflitos - os pais devem decidir e se impor.

7) se você é um pai ou mãe razoável: "A culpa gera dúvidas; o que era para ser simples e objetivo torna-se confuso e complexo. Esta complexidade dificulta a aprendizagem das regras e valores. A culpa acaba transformando a educação em uma névoa através da qual a criança tem que caminhar. Tudo fica mais difícil. Por isto, é tão importante que os pais se esforcem ao máximo para sair da culpa." Leia mais aqui.

8) "A vida é feita de desafios. Alguns deles exigem muita disciplina e perseverança, porque parece que os esforços nunca dão resultados. Quem esforça fica mais forte e planta uma sementinha. Dependerá da escolha do outro o momento em que esta sementinha irá germinar. Paciência e perseverança são fundamentais." Leia mais aqui.

9) criança precisa de criança. O melhor presente que você pode dar para seu filho é ele brincar em grupo. Criança solitária em meio à adultos é problema. Leia mais aqui.

10) dinheiro e amor são facilitadores. Mas, tome muito cuidado com o "oferecer o melhor para o filho". Uma boa educação necessita que se observe o que é realmente necessário para que aquela criança cresça com capacidade de enfrentar os desafios da vida. Tome cuidado para não treinar "pessoas impulsivas e sem as qualidades necessárias para viver bem no mundo atual." Leia mais aqui.


Treino:

se você gostou deste texto, te convido a lê-lo quatro vezes.

Um dos maiores dramas da vida moderna é o excesso de informação e a pouca reflexão e memorização.

As pessoas abandonam rapidamente o que consideram bom; e partem em busca de outras novidades. Desfocam e não amadurecem a reflexão necessária para a transformação da informação em sabedoria.

Educar é repetir e praticar o que é realmente importante. 

Não desfoque. Se este texto foi realmente importante para você, leia-o quatro vezes. Pode ser em dias seguidos.

É desta forma que a informação ficará fixada em sua mente e disponível para os momentos em que for necessária.



Convite:

Compartilhe este texto com seus amigos e familiares.

Ajude a espalhar informação sadia e construtiva.


Acompanhe as novidades do site Psicologia Racional no Facebook.
Curta a página:  http://www.facebook.com/FilosofiaDoBomHumor



Jamais pense que é pouco o que você tem para oferecer. Autoestima



Leia também:








PS: agradeço às pessoas que acompanham o site Psicologia Racional, seja recebendo as mensagens via email, sendo seguidoras ou visitando-o de vez em quando. 

De “boca em boca” os números estão aumentando. Sua participação na divulgação do site é fundamental. 

Obrigado!





Licença para reprodução dos textos do
site Psicologia Racional: siga as instruções











4 comentários:

  1. Recebi este post, através de um e-mail, este texto me fez parar pra pensar exatamente como nos deixamos levar por certas situações. Parabéns pelo texto.

    ResponderExcluir
  2. Silvana, seja bem vinda! Te aguardo outras vezes aqui no site.
    Coloque o site Psicologia Racional entre os seus favoritos.

    obrigado pelos elogios.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. já coloquei nos favoritos, bom feriadão!!!

      Excluir
  3. Conselho ou melhor ensinamento prático, lógico, claro, compreensível, aceitável visto sua funcionalidade, sabe um ditado da vovó: a falta de um grito se perde uma boiada. Neste caso a falta de conhecimento...concluo dizendo o conhecimento, a instrução é a base para TUDO. Valeu!!!! Elda

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...