terça-feira, 1 de maio de 2012

Prepare seu filho para a vida real incentivando-o a brincar em grupo. Desenvolvimento sadio e maior inteligência emocional.



Brincar em grupo é fundamental para saúde do seu filho.





Cada vez mais as crianças estão ficando isoladas. Ou brincando com poucas crianças. Isto é um problema sério.

O ser humano se desenvolveu para viver em bando. No bando existe um processo de autorregulação constante, o que significa que os papéis e as funções podem mudar constantemente. Isto garante o desenvolvimento de múltiplas habilidades e aumenta a probabilidade de sobrevivência. 

Hoje em dia as crianças sobrevivem; se desenvolverem múltiplas habilidades podem viver melhor e terem mais eficiência.

Portanto, o grupo autorregulado é fundamental para o desenvolvimento do potencial das crianças. O grupo permite à criança experimentar e descobrir. Lá ela pode errar, treinar, brigar, reconciliar, entender os sentimentos dos outros e os seus, aprender a se impor e dialogar. Aprende a dominar as regras sociais e interagir em situações limites.

Um grupo com mais de cinco crianças ou adolescentes permite uma variedade de experiências que são fundamentais para o desenvolvimento sadio da vida.

Estar em grupo é um dos maiores presentes que você pode oferecer para seus filhos. A vida deve ser organizada para facilitar esta inter-relação.

Por exemplo: se for alugar um apartamento procure se informar se naquele prédio tem várias crianças da mesma faixa etária.

Ou, combine com outros pais das crianças se encontrarem alguns dias por semana. Deixe seu filho na escola mais cedo, busque-o mais tarde. 

Alguns pais são excessivamente preocupados com o que os jovens podem fazer e aprender através do grupo. Existe sim um risco, pois o grupo é um espaço da experimentação. O pior, porém, são pessoas criadas superprotegidas e que tornam-se despreparadas e sem desenvolver seu potencial.

Os meios de comunicação fazem questão de aprofundar o medo dos pais. Focam a violência e as drogas. Os dois são problemas sérios, mas não se deve superproteger um adolescente ou uma criança em função deste risco. Está cheio de crianças "educadinhas" que se perdem na bebida, na preguiça, nas drogas, nas burradas que fazem por serem imaturas, na falta de determinação, no tédio, na insegurança, etc.

Aliás, entre os adultos jovens o maior problema não são as drogas. O maior problema são os jovens criados para serem seguidores, a imensa maioria tornam-se derrotados na vida e pela vida.






O grupo de mais de cinco crianças é o treino. É o ambiente mais saudável para estimular o desenvolvimento. Dê preferência para os grupos autorregulados (grupo regulado é, por exemplo, a escolinha de futebol) e de longa duração (várias horas). O longo tempo de duração é importante para que façam muitas brincadeiras na sequência que eles mesmos escolherem.

Os pais devem deixar o grupo rolar solto, só intervindo em situações especiais. 

O controle deve ser feito através do diálogo. Por isto é MUITO IMPORTANTE os pais cultivarem o hábito de conversar com os filhos. Menos televisão, mais contato físico e momentos diários de diálogo. Isto tem que ser cultivado! Nestes momentos os filhos contam para os pais o que aconteceu no grupo e os pais podem orientá-los, incentivá-los, ampará-los, etc.

A vida está dificultando o que descrevo aqui, é por isto que deve haver esforço e determinação para equilibrar. Onde a vida está desequilibrada devemos agir para gerar o equilíbrio.

O mesmo vale para os adultos: cultivar a amizade, fazer programas colaborativos, etc.

Dê um presente para seus filhos: permita a eles convivência com grupos.


PS1: para saber mais sobre geração seguidora é só clicar em "Geração seguidora" na coluna da esquerda do site.

PS2: lembre-se que pessoas fracas costumam desistir e "fugir da vida". Esta frase de uma mulher de 29 anos é um exemplo disto: "não quero ter filho, é muita responsabilidade e eu acho que não estou preparada". Qualquer dificuldade serve para desistir, não há espaço para o risco e para a aprendizagem. Ela vive no medo, na insegurança, na angústia, no stress.

PS3: em um mundo mais individualista, quem consegue desenvolver trabalho em equipe e trabalho cooperativo leva uma grande vantagem. Além, do que, o grupo é uma importante arma para a pessoa aprender a tolerar a frustração.

PS4: está na moda falar de limites. O mais importante é viver valores nobres, para isto é necessário tempo juntos. 


Autor: Regis Mesquita

Facebook: http://www.facebook.com/mesquitaregis




Acompanhe o site Psicologia Racional no Facebook


Clique em "Curtir Página"
Crie um ambiente de paz no seu lar:

"Desligue a televisão!
Cultive a amizade, pratique o carinho!
Beije quem você ama!
Preste atenção na sua vida!"

Regis Mesquita








Licença para reprodução dos textos do site Psicologia Racional, siga as instruções.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...