sábado, 11 de agosto de 2012

Produzir mais para consumir menos e deprimir menos. Tenha mais motivação para viver.




Para deprimir menos, faça mais, realize mais, produza mais. Pensamentos, cura depressão






O ser humano, Homo sapiens, precisa sempre produzir algo. Esta necessidade está implícita na alma humana. Através da produção o ser humano cria e renova sua identidade, fortalece sua mente e expande seus limites.


Criar é, portanto, a melhor forma de manter a vida ativa e saudável. 

Estamos em uma sociedade de consumo. O próprio nome diz, consumir mais do que produzir.

Escolhemos o que consumir entre uma variedade enorme de opções. O tempo gasto em produzir alguma coisa diminui a cada ano. 

O prazer em produzir é infinitamente mais duradouro que o de consumir. O prazer de consumir também pode ser intenso, porém dura menos e poucas vezes agrega qualidades, habilidades ou sabedorias.

Além do prazer existe algo que é a satisfação: o prazer acompanhado da sensação de plenitude.

O consumo é intenso por um curto período, por isto tem sempre que ter seu objetivo/meta/desejo mudado. É como um vício que sempre pede mais para ter prazer. 

Uma das consequências é a patologia do vínculo: a pessoa não pode criar vínculo com nada, por que tudo será rapidamente descartado. 

Sem vínculo, a angústia é reforçada - um convite para a depressão.
,







Estas breves reflexões são um convite para vocês lerem a entrevista do filósofo Gilles Lipovetsky para a revista Istoé. Ele diz:  "O homem moderno tem necessidade de emoção e, para a maioria das pessoas, isso passa pelo consumo... Quando você não tem tantos amores ou grandes emoções, o consumo funciona como um prazer fácil, que traz satisfação momentânea".




Desejos humanos são infindáveis. Pensamentos de Buda



É preciso reacostumar a ser criativo, inovador, construtor, realizador. 

Crianças pequenas são super incentivadas a criar. A imensa maioria delas são super-felizes. Com o passar dos anos o incentivo à criação é continuamente diminuído. O que passa a ser incentivado é a adequação social e a imobilidade física

Junte alto consumo, baixa realização, patologia do vínculo mais falta de segurança básica. O resultado é muito stress, pouca satisfação e uma maior probabilidade de adoecer.

Estas são algumas das principais causas do aumento drástico da depressão e de outras patologias.

Pense nisto: o stress aumentou apesar das condições de vida das pessoas terem melhorado.

Ir contra nossa natureza é um caminho sempre mais difícil.


Autor: Regis Mesquita





Dicas, pensamentos, orientações e novidades do site Psicologia Racional 

Clique em "Curtir Página" 





Dica: para pesquisar mais textos use os temas dos marcadores, na faixa a esquerda do site. Através deles você terá acesso a muitos textos (hoje são mais de 300). Mais textos sobre depressão é só clicar no link "depressão".






Pare de procurar desculpas para seus insucessos.











Leia também:















Clique Aqui








Licença para reprodução dos textos do site Psicologia Racional, siga as instruções. 


Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...