domingo, 30 de junho de 2013

Um milhão de cristãos assassinados na última década – direitos humanos violados



Nigerianas sofrem após mais um ataque
contra cristãos.



Regis Mesquita



O Vaticano pesquisou e descobriu: cem mil cristãos são mortos por ano por causa da fé. 

Em dez anos, UM MILHÃO DE CRISTÃOS ASSASSINADOS.

É um dos maiores genocídios da humanidade.

Egito, Paquistão, Nigéria e Sudão são os principais centros deste genocídio.

Os maiores matadores são os muçulmanos.


Além dos mortos, existem os que perdem casas, são presos, torturados, ficam sem seus sustentos, são espancados.

Muçulmanos de coração ruim fazem o serviço sujo.

A polícia e a justiça de seus países fingem que não vêem.

Os muçulmanos de bom coração ou são indiferentes ou apoiam discretamente.

Em alguns países, como a China, a perseguição é feita pelo governo.

Em alguns países como o Paquistão e a Indonésia é grande o número de ex-muçulmanos que se convertem para o cristianismo. 

Estas conversões geram raiva em alguns grupos religiosos, que decidem infernizar os cristãos.




Existe também uma parcela da população dos países islâmicos que estão se distanciando da religião, de qualquer religião.

Isto também atiça os mais religiosos, eles sempre têm ódio dos ateus ou dos agnósticos. 

Além destes motivos, existem outros motivos para a perseguição; como, por exemplo, a ação dos EUA no Oriente Médio.

Tem gente que estranha que este genocídio não seja notícia nos telejornais.

Tem gente que estranha que qualquer bombinha que exploda no Oriente Médio tenha ampla repercussão nas Tvs.

Algumas pessoas vêem neste fato a força dos petrodólares; a força do dinheiro e da propina em ação.

Será que é verdade que o dinheiro compra as reportagens que serão divulgadas nos telejornais?

E as reportagens que deixam de serem divulgadas: será que o fundamento de sua ocultação são interesses econômicos, políticos e religiosos?

É de se questionar o porquê destas centenas de milhares de morte não serem amplamente divulgadas.


Liberdade religiosa é um dos pilares dos direitos humanos.

Todos têm o direito de escolher suas crenças. Inclusive os cristãos e os ateus.



PS: a defesa dos direitos humanos exige que se “coloque o dedo na ferida”. Não devemos discriminar os muçulmanos. Todavia, é muito importante levar até eles a mensagem da liberdade religiosa. Todos possuem o mesmo direito de escolher livremente sua religião; podem, inclusive, mudar de religião se assim decidirem. Nenhum país pode ter leis que discriminem alguma religião. Todo atentado ao direito de liberdade religiosa deve ser severamente punido.



“Boas leis e boa justiça são algumas das principais formas de gerar bons pensamentos, sentimentos e boas vibrações na sociedade”.

Trecho do livro Nascer Várias Vezes



Agradeço às pessoas que acompanham o site Psicologia Racional, seja recebendo as mensagens via email, sendo seguidoras ou visitando-o de vez em quando. De “boca em boca” os números estão aumentando. Sua participação na divulgação do site é fundamental. Obrigado!


Notícias do site Psicologia Racional no Facebook. Curta a página http://www.facebook.com/FilosofiaDoBomHumor



Leia também:












DICA:  pesquise mais textos usando os temas dos marcadores, na faixa a esquerda do site. Através deles você terá acesso a muitos textos (hoje são mais de 300).



PARA REFLETIR:



Compartilhe com seus amigos a imagem acima.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...