quinta-feira, 25 de junho de 2015

Esta carta para uma mãe e seu bebê recém-nascido vai fazer você repensar a educação do seu filho




Filho é para sempre. Uma vida mais completa para sempre. Mãe, não complique. Aproveite.





Seu filho nasceu, parabéns!

Agora ė que começa um novo mundo onde tudo ė mais intenso. Aproveite para curtir muito. Serão meses de cansaço; o melhor cansaço do mundo, pois você conseguiu a mais bela emoção do mundo. Relaxe seu corpo para  agradecer a meta atingida. Seu sonho está realizado. Isto te dará muita paz e força.

Cada momento de preocupação será porque possui uma preciosidade. Nada paga esta aventura. Por isto, mantenha a paz e a simplicidade para aproveitar cada segundo.

Não complique! Não perca o tempo de carinho e presença pensando que algo poderia ser diferente ou poderia estar melhor. O que existe de amor, atenção e cuidados é o suficiente.


Nada vai substituir o toque no corpo e a verdade que orienta e educa. Aliás, jamais tenha medo de dizer a verdade. Pessoas especiais crescem em ambientes especiais. Ambientes especiais estão repletos de verdade e apoio.






Criança não precisa de muitos bens materiais. Nós, adultos, é que complicamos. Criamos regras, criamos medos e tudo fica difícil.

Criança precisa mesmo é de amor, atenção, segurança e apoio. O resto é sua cabeça que exige; esteja segura que educar com poucos bens é menos estressante e mais eficiente. Menos stress é quase sempre mais paciência e mais sorrisos.

Mas, se você continuar achando que é pouco o que você oferece, lembre-se de lhe ensinar a gratidão e a amizade. Porque não será a quantidade que fará seu filho ficar satisfeito. Será a gratidão e a amizade que lhe trará muita satisfação. Ensine-o sempre a te valorizar, a valorizar a família e valorizar a sua luta diária por fazê-lo feliz e educado.

Nós não amamos pessoas perfeitas. Nós amamos pessoas que estão ao nosso lado e que nos oferecem muitas coisas boas. Só que as coisas mais importantes não são coisas. O mais importante são os sentimentos que ocupam lugares no coração e as boas memórias que ocupam espaço na mente. Com bons sentimentos e boas memórias é bem mais fácil os olhos brilharem e demonstrar amor e reconhecimento.

Depois, quando for adulto, ele se lembrará de sua luta e da sua companhia. Haverá sempre algo lhe recordando que sua mãe é seu porto seguro e seu porto alegre.  Esta lembrança ele levará dentro do seu coração, por onde ele for.

Clique Aqui
Não tenha medo, nem se sinta insegura. Você sabe disto porque também é filha. Você já fez esta viagem. Só que agora está do outro lado.

Seja simples, verdadeira e companheira. Você, seu filho e toda sua família terão ótimos momentos, todos os dias. Não complique, aproveite. A simplicidade vai te permitir aproveitar mais.

O resto é dar beijos, sorrir, brincar. Agora e daqui a 40 anos. Porque filho é para sempre. Uma vida mais completa para sempre.

Parabéns! E que Deus esteja sempre junto da sua família. Vocês merecem.



Autor: Regis Mesquita


Para acompanhar as atualizações do site Psicologia Racional no Facebook: https://www.facebook.com/apsicologiaracional/ 



Para refletir:

A família que tem muito amor é uma família viva, feliz; na qual milhares de situações acontecem.

No amor, as pessoas se permitem brincar, errar, divergir.

No amor não existe paz absoluta. Porque o amor é forte, criativo e permite a transformação.

Onde há transformação, há divergência e diferença.


A família que encanta pelo amor é aquela que perdoa e auxilia.

No mundo do amor há dinamismo, há aprendizado, há conquistas; por isto, existem as diferenças e divergências.

Mas, o amor acolhe as diferenças e diz: "fica do meu lado, porque juntos será sempre melhor".


Regis Mesquita

Pensamentos baseados nos ensinamentos do livro Nascer Várias Vezes - http://www.nascervariasvezes.com/p/introducao-do-livro.html

Texto originalmente publicado na página do meu livro Nascer Várias Vezes no Facebook: https://www.facebook.com/nascervariasvezes






Gostou deste texto?

Recomende esta postagem no G+, compartilhe no Facebook, retuite ou mande o link deste texto por email.




Leia também:










PS: agradeço às pessoas que acompanham o site Psicologia Racional, seja recebendo as mensagens via email, sendo seguidoras ou visitando-o de vez em quando.

De “boca em boca” os números estão aumentando. Sua participação na divulgação do site é fundamental.

Obrigado!



Licença para reprodução dos textos do site Psicologia Racional: siga as instruções



Um comentário:

  1. Muito boa abordagem! Gostaria que todas as mães lessem este artigo... Parabéns!

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...