sábado, 22 de outubro de 2016

Reduzir o consumo é a única forma de ter uma vida realmente ecológica. O prêmio é uma maior satisfação interior.



Simplicidade é estabelecer limites para seus desejos. Vida simples privação voluntária





O ser humano sempre causará impacto no ambiente em que vive. Este impacto pode ser menor ou maior.

Uma população maior causa mais impacto do que uma população menor. Assim como, uma vida com uso de mais recursos econômicos gera impacto muito maior.



A produção de lixo domiciliar no Brasil não para de crescer. Entre 2003 e 2013 a geração de lixo por pessoa aumentou de 955 g por dia para 1,223 kg (Leia mais).

Este é um sintoma do aumento do impacto ecológico de cada pessoa. A origem está no estilo de vida e na forma de organização econômica. Por exemplo: o uso de embalagens "lindas" para atrair os consumidores. Embalagens desnecessárias para o comércio do produto, mas necessária para o marketing do produto.

Desejos constantes aumentam o impacto ecológico de cada um. Suponhamos que uma pessoa tenha o desejo de andar de patins. Ela vai na loja, compra os patins, usa só um pouco. Ele fica guardado na residência, até que um dia vai para o lixo ou para a doação. Esta pessoa tem vários desejos que são abandonados. Sua casa vira um "cemitério" de desejos realizados, mas não usufruídos.

Existem outros problemas: produtos que são feitos para durarem pouco, o excesso de produtos (brinquedos, utilidades domésticas, etc) que os tornam subutilizados, busca do ideal (ideal de beleza, de corpo saudável, som, música, etc), intolerância à frustração, tédio... Tudo isto gera uma vida com muito consumo.

Uma mulher, durante anos, teve mais de 50 pares de sapatos. A maior parte era descartada com pouco uso. Hoje ela mudou: vive muito bem com alguns pares de sapatos que são bem cuidados e duram muito tempo. O que perde em não ter o sapato ideal para cada situação, ela ganha em tempo livre e menor gasto. O resultado é uma vida com menos stress e menos angústia; associada ao fato de que sua atenção (o que ocupa sua mente) está direcionada para amar, cuidar, colaborar, orar, meditar, etc. Sua satisfação se multiplicou.







O lado ruim é que ela contribuiu para o aumento do desemprego. É importante ter claro este fato. Porque uma economia com boa produtividade e menos consumo significa mais desemprego. A solução: as pessoas trabalharem menos, na média. Trabalhar menos no emprego remunerado para todos terem trabalho (lembre-se que no início do século passado era comum operários com jornada de trabalho de 13 horas diárias) e poderem se envolver mais com estudos e/ou projetos pessoais.

Abaixo coloco partes de um texto retirado do livro "Inteligência Emocional" (pág 13 a 16). Este texto mostra como a produção de um simples pote de vidro demanda muitos recursos, energia e química. A solução? Consumir menos, retornar o pote para quem o usou originalmente, etc.

Só não pense que reciclar é a solução. Reciclar é ótimo, quando o consumo já for menor.

O texto:

"Quando ... me apresentou a Análise do Ciclo de Vida dos potes de vidro como os vidros de geleias e de molho de tomate -, vi-me em um labirinto de elos interdependentes em uma cadeia aparentemente interminável de demandas de material, transporte e energia. A produção dos vidros de geleia (ou qualquer coisa acondicionada em recipientes de Vidro) exige a utilização de dezenas de fornecedores - inclusive areia de sílica, soda cáustica, calcário e várias substâncias químicas inorgânicas, por exemplo -, bem como os serviços de fornecedores de combustíveis como gás natural e eletricidade. Cada um desses fornecedores compra de outros ou utiliza dezenas de fornecedores próprios.

Os aspectos básicos da produção do vidro mudaram muito pouco desde a época da Roma Antiga. Hoje, fornalhas abastecidas a gás natural queimam a mais de 1.000ºC durante 24 horas por dia para transformar a areia em vidro a ser utilizado na construção de vidraças, recipientes e até do monitor de seu telefone celular. Mas a coisa não para por aí. Um gráfico mostrando os 13 processos mais importantes empregados na produção de potes de vidro revelou um sistema que agrupa 1.959 processos distintos. Cada um desses processos ao longo da cadeia, em si, representa um agregado de inúmeros processos subsidiários, que resultam de centenas de outros, no que parece ser uma regressão infinita.


Clique Aqui
A produção de um recipiente de vidro exige o uso de centenas de substâncias em algum ponto a montante na cadeia de suprimentos - e cada uma delas tem um perfil de impacto próprio. Ao longo desse processo, cerca de 100 substâncias são lançadas na água e 50 e poucas no solo. Entre os 200 tipos diferentes de emissões atmosféricas...

Quando analisamos a lista de materiais necessários para produzir lkg de um recipiente de Vidro, temos uma lista de 659 ingredientes diferentes usados em várias etapas da produção. Eles variam de cromo, prata e ouro a substâncias químicas exóticas, como criptônio e ácido isociânico, passando por oito diferentes estruturas moleculares de etano."


Para reduzir o consumo é necessário ter uma vida mais simples, mais inteligente, melhor planejada e mais colaborativa.

Quanto mais a vida da pessoa é individualista, mais ela precisa do consumismo para suprir carências afetivas e privações de contato (tédio e angústia, por exemplo).

Experimente ter menos e ter a satisfação de aproveitar mais.


Autor: Regis Mesquita
https://twitter.com/mesquitaregis





Acompanhe o site Psicologia Racional no Facebook


Clique em "Curtir Página"



Compartilhe este texto com seus amigos e familiares.

Ajude a espalhar informação sadia e construtiva.




Leia Também:














Porque pessoas que não tem quase nada vivem agradecendo e pessoas que tem de tudo comumente estão reclamando?




Para manter contato sugiro que você coloque este site entre seus favoritos. Na coluna da direita tem um lugar para digitar seu email, para receber as novas postagens do site Psicologia Racional no seu email. Você também pode se tornar seguidor.





Friedrich Nietzsche É muito difícil os homens entenderem sua ignorância no que diz respeito a eles mesmos.







Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...