domingo, 14 de agosto de 2011

Pai, quando eu lembro de você... Mensagem de agradecimento ao pai.



Pai é para sempre. Quando ele se vai, ele continua dentro dos filhos.








Pai,

quando me lembro de você uma saudade gostosa entra dentro de mim.

Meu corpo se alegra e meus olhos se enchem de lágrima.

E não é de tristeza.

É que você vive dentro de mim

e me faz bem, sempre... e por toda a minha vida.

Obrigado!

Obrigado Deus!

Obrigado pelas boas oportunidades que tive e tenho.

Obrigado por sentir tamanha gratidão dentro de mim.

E que eu tenha a mesma sabedoria com meus filhos.

Para que eles também sintam, durante décadas, a mesma paz e satisfação que eu sinto agora.

Obrigado pai!

Autor: Regis Mesquita




Compartilhe este texto com seus amigos e familiares.

Ajude a espalhar informação sadia e construtiva.




Acompanhe o site Psicologia Racional no Facebook

Clique em "Curtir Página"






Aprenda a agradecer o pai que você tem. Pare de criticá-lo.








Para Pensar:


OFEREÇA SEMPRE O SEU MELHOR

Pai e mãe, quando se sentirem culpados lembrem-se: ofereçam o seu melhor.
Não é oferecer o melhor que há no universo.
É oferecer o SEU melhor.
Procure transmitir tudo o que há de bom dentro de você.

Procure melhorar sempre para poder viver melhor e atingir mais objetivos positivos na vida.

Regis Mesquita

Leia mais em:
Educação baseada nos ensinamentos espíritas. Dicas para educar os filhos sem culpa (1)



Leitura de apoio:

O pai que destruiu a confiança do filho no restaurante Mc Donalds. Estratégias para dialogar com seu filho com sabedoria.

Conto: iluminando a noite. O esforço de um pai para deixar seu filho feliz. O prazer em ver o outro feliz iluminando a própria vida.

Meu primeiro jejum. O porquê meu pai fez jejum comigo. Seja um pai que gera segurança em seus filhos.



Para Pensar 2:


A saudade de um pai

A saudade me diz que eu estou vivo e tem algo bom que habita dentro de mim.
Um dia deixei de associá-la à tristeza e hoje a associo à gratidão e plenitude.
Pois, se ela fosse embora, uma parte de mim morreria.
Por isto saudade, venha me visitar de vez em quando.
Me traga o abraço do meu pai e o sorriso da minha mãe.
Me traga tantas histórias que tornaram meus dias melhores.
E que eu, preenchido por você, valorize cada segundo do que vivo hoje.
Preciso garantir que amanhã nascerão novas saudades que me avisarão que estou vivo.
Elas plantarão lágrimas nos meus olhos, lágrimas de gratidão.
E meu coração dirá: pode vir, pois o que é bom cabe a mim preservar.

Regis Mesquita
http://caminhonobre.com.br/

Licença para reprodução dos textos do site Psicologia Racional: siga as instruções







Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...