segunda-feira, 7 de novembro de 2011

Toda criança precisa brincar bastante para ter boa saúde física e mental




Criança saudável cresce brincando com várias crianças. Educando filhos





Leia esta frase:

"Cientistas estimam que a atual geração de crianças vai viver vidas MAIS CURTAS do que seus pais e terá maiores taxas de doenças cardíacas, diabetes e aterosclerose".

Boa parte deste problema está relacionado ao sedentarismo. Converso com pais que dizem que o filho não é sedentário porque faz futebol e natação. Ao todo quatro horas de exercício por semana. Muito pouco.

Durante 4 milhões de anos nossos antepassados foram nômades. Andavam o dia inteiro. Com o aumento da consciência, a fixação em cidades e a tecnologia, o ser humano foi ficando cada vez mais paralisado. 

Chegamos à época atual, onde pessoas acham que quatro horas de exercício semanal é o suficiente. Absurdo! O corpo e a mente humana dependem do exercício para realizar inúmeros processos. Até a memória é influenciada.

O que fazer? Colocar as crianças para brincar. E, para isto, elas tem que se reunir. Este é o prolema: reuni-las.

Famílias com poucos filhos, cheios de atividades e diversões solitárias (computadores, etc) - tudo isto dificulta a reunião de várias crianças.

Fui a uma festa de 15 anos onde os adolescentes gastavam pelo menos 30% do tempo mandando mensagem no celular para pessoas que não estavam ali. Ou seja, abandonavam quem estava próximo e desperdiçavam as oportunidades de satisfação na festa. Este é um sintoma do distanciamento afetivo e intelectual (mentes frágeis) que estão sendo criadas - inteligência emocional muito baixa.

Os pais devem ter um esforço extra para reunir crianças e deixá-las brincar do jeito delas. Nada de contratar "monitor". Deixá-las se relacionar, resolver seus problemas. Lógico, que com o "olho do adulto". A reunião de crianças gera mais movimento (principalmente se privá-las de jogos eletrônicos). Movimento gera mais desejo de movimento.






Outro fator importante: os pais precisam entender o negativismo propagado pela mídia. 

Cena real: sete adolescentes caminham pela calçada conversando. Um adulto vê a cena e diz: "estas crianças na rua, coisa boa não vão fazer." Eram apenas adolescentes rindo e sendo feliz de forma saudável. A mente do adulto está impregnada de negativismo e só pensa besteira. 

Este negativismo interessa aos donos de Tvs. Quanto mais em casa, mais eles dependem da Tv para passarem o tempo. A tv ficará em segundo plano quando estas crianças estiverem felizes, brincando em grupo .

Uma mãe disse: "obrigado por ter deixado seu filho vir aqui. Assim ele esquece a tv". As crianças correram e brincaram juntos até as 9 horas da noite. Só nesta brincadeira foram três horas de movimento e de interação social (desenvolvendo o físico e o emocional - sendo mais felizes).

Clique Aqui
Aos pais cabe um esforço que hoje é necessário: reunir crianças (3 ou mais) para que brincarem juntas, serem felizes, desenvolverem a inteligência emocional, terem saúde mental e física.

Abandone o negativismo. É mais fácil uma criança entendiada e sob influência de valores televisivos usar drogas e/ou virar preguiçoso. Crianças que interagem em grupo sabem se defender melhor e conseguem desenvolver sua própria personalidade mais eficientemente.

O isolamento das crianças e adolescentes só gera seres imaturos, egocêntricos, propensos à doença e dispostos a seguir os péssimos modelos midiáticos.

Quanto mais nos afastamos da vida natural, piores os resultados. O natural são crianças e adolescentes estarem em grupos.

Existe risco sempre, o que se combate com educação, bons valores e companheirismo dos pais.


Leia também:



GOSTOU DO SITE PSICOLOGIA RACIONAL?
AJUDE A DIVULGÁ-LO




Acompanhe o site Psicologia Racional no Facebook.


 Clique em "Curtir Página"



























Licença para reprodução dos textos do site Psicologia Racional, siga as instruções.




Para você que está conhecendo o site PSICOLOGIA RACIONAL: este site se propõe a ter textos originais que discutam assuntos do cotidiano. 

São textos que podem servir para reflexão sobre a vida que cada um leva.






Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...