terça-feira, 23 de fevereiro de 2021

Introdução ao uso da respiração para aquietar a mente, relaxar o corpo e diminuir o stress

 


Introdução ao uso da respiração para aquietar a mente e facilitar a abertura para a espiritualidade




O que as pessoas te falam quando você está ansioso, nervoso ou sob muita pressão?

Elas dizem: “calma, respira. Respira fundo para relaxar”.

 

Você para ... respira fundo algumas vezes e... a tensão diminui, a ansiedade vai embora, o stress fica menor. Tudo fica muito melhor quando as pessoas respiram corretamente.

É muito importante você entender que a calma cotidiana pode ser induzida através da respiração.


 A respiração é um ato involuntário do ser humano. Mas, você tem o controle dela enquanto prestar atenção.

E o melhor?

Ela pode ser TREINADA para que se transforme em um hábito saudável. 

Ou seja, você pode se treinar para respirar de forma a aquietar a mente e relaxar o corpo.

 

Existem centenas e centenas de tipos diferentes de respiração. Algumas são melhores para acalmar a mente, mas existem outras que são excitantes ou estimulantes.

 

Canal Caminho Nobre produziu uma série de vídeos sobre respiração e bem-estar. Este recurso superimportante deve ser estudado e praticado. Ele é fundamental para promover a calma, o relaxamento e, principalmente, a diminuição do stress e ansiedade.

 


ASSISTA O VÍDEO SOBRE A RESPIRAÇÃO 

VÍDEO DO CANAL CAMINHO NOBRE 



Abaixo trecho do vídeo: Introdução à respiração...

 

“Existem várias pesquisas que mostram os benefícios da respiração consciente e planejada.

 

Estudos já demostraram, por exemplo, que a exalação nasal lenta (que é soltar o ar pelo nariz devagar) sinaliza o cérebro para relaxar o corpo (dica: use esta técnica para melhorar seu sono).

 

Por que isto acontece? Por que soltar lentamente o ar pelo nariz leva ao relaxamento do corpo?

 

A razão é que quando as pessoas estão em risco ou perigo elas soltam o ar pela boca, porque é bem mais rápido.

 

Se você não soltar o ar pela boca, se soltar pelo nariz lentamente, o cérebro reconhecerá esta escolha como sendo um aviso de que pode relaxar e pode acalmar (porque o perigo já acabou).

 

Este é apenas um simples exemplo da relação muito próxima entre o corpo, a mente e a respiração."


LEIA TAMBÉM:  Mentalização: ótima opção para descansar a mente e sair do negativismo



CONHEÇA A FILOSOFIA CAMINHO NOBRE 



IR ALÉM DA RESPIRAÇÃO E RELAXAR MENTE E CORPO

 

Acostume-se a parar os seus pensamentos.

 

A mente funciona compulsivamente quando está em um estado semiconsciente (a condição normal das pessoas): um pensamento desencadeia outro pensamento que desencadeia um terceiro pensamento, e assim por diante.

 

Tudo sem controle, compulsivamente.

 

Um passo muito importante é parar a sequência de pensamentos.

 

No início ficará um vazio ruim, depois você descobrirá que este vazio descansa a mente, diminui ansiedade e angústia, melhora o humor, etc.

 

A mente que deixa de funcionar compulsivamente é mais capaz de perceber a parte boa da realidade.

 

A mente aquietada demora mais para se irritar, tem menos ansiedade e está mais focada nos objetivos da vida.

 

A mente que não se desgasta com pensamentos repetitivos tem menos stress e, portanto, é mais capaz de ter satisfação.

 

DIMINUIR O RITMO DA MENTE é um dos grandes objetivos para quem quer se aprofundar na evolução espiritual. Lidar com vibrações mais elevadas exige mais serenidade e sensibilidade.

 

Aprender a “parar” os pensamentos é fundamental para MELHORAR SUA QUALIDADE DE VIDA.

 

Indico este texto:

Cinco motivos para você aprender a parar seus pensamentos


Autor: Regis Mesquita


 SIGA A PSICOLOGIA RACIONAL NAS REDES SOCIAIS


DESENVOLVA SUA SENSIBILIDADE

Treine-se com o livro A Espiritualidade no Dia a Dia (CLIQUE AQUI)

 


CAMPANHA:

Acostume-se a ler livros eletrônicos: MAIS BARATO E MAIS ECOLÓGICO



 

Clique Aqui

 


DICA: CRIE MOMENTOS DE AQUIETAÇÃO DA MENTE

 

Aproveite os potenciais que estão dentro de você. Desta forma poderá viver melhor.

 

Como identificar estes potenciais? Através da sensibilidade. Metade da vida do ser humano é seguir o que está dentro de si. É seguir a sua sensibilidade.

 

Explico: seus potenciais influenciam seus interesses, vocações, intuições, etc. Ou seja, os potenciais são transformados em estímulos. Portanto, é necessário percebê-los em ação dentro de você.


O problema é a mente das pessoas estão cheias de "ruídos". São pensamentos inúteis ou repetitivos, são muitas informações desnecessárias, sentimentos ligados ao que aconteceu no passado, desejos (muitos desejos), etc. Estes ruídos precisam ser diminuídos. 


Boa parte da sua vida deve ser realizar o que está no seu interior. Você precisa se preparar para "escutar” o que vem de dentro. É necessário aquietar a mente e se acostumar a prestar atenção em si mesmo. Estas FORÇAS INTERIORES são um guia interior - elas te direcionam.


[ DICA: para entender como as forças interiores "controlam" a sua vida sugiro que faça este CURSO GRATUITO: Descobrindo como a mente realmente funciona. ] 


- Valorize o que “brotar” dentro de ti.

 

Exemplo: uma mulher teve uma ótima experiência - foi com uma amiga buscar ervas no meio do mato. Ficou encantada!

 

Descreveu a atividade como um momento ESPECIAL em sua vida. Pena que tudo acabou rápido.

 

Ela não valorizou a sua sensibilidade e, por isto, não se aprofundou no estudo da coleta e preparo das ervas.

 

Uma força dentro dela se apagou, um caminho se fechou e potencialidades ficaram sem uso.

 

Muitos anos depois, esta mesma mulher reclamou que sua vida estava vazia de sentido. Ela nem se lembrou de todas as vezes em que um bom caminho se abriu em sua frente e ela desprezou.

 

O melhor caminho para desenvolver suas potencialidades é valorizar a sua sensibilidade. O que vem de “dentro para fora” é a melhor escolha para a sua vida.


LEIA TAMBÉM: A manhã sagrada: reorganize-se para criar um espaço sagrado de disciplina e satisfação

 

Resumindo:

1) diminuir os ruídos dentro da mente;

2) aquietar e tranquilizar a mente (técnicas de respiração são especialmente úteis);

3) perceber e valorizar o que vem do seu interior (a sensibilidade é o recurso para perceber o que vem de dentro);

4) use os estímulos que vem do interior para orientar suas ações e escolhas.

 

DICA: tenha alguns momentos durante o dia para praticar a mentalização, a aquietação da mente, técnicas de respiração e o relaxamento do corpo. Diminuir o ritmo da mente é fundamental para perceber e valorizar o que vem de “dentro para fora”, do espírito para a consciência.

 

Autor: Regis Mesquita

Contato e Terapia: regismesquita@hotmail.com



Assista: Preparando o corpo para o uso correto da respiração


 





Tenha acesso a centenas de imagens como estas desta página.

Clique aqui (Facebook) ou aqui (Pinterest) 



LEIA TAMBÉM:

 

Sua mente pode deixar seu corpo doente. Seu psicológico provoca doenças ou te ajuda na cura.

 

Meditação muda estrutura do cérebro. A prática da meditação provoca o aumento da massa cinzenta do cérebro, melhorando a saúde.

 

A manhã sagrada: reorganize-se para criar um espaço sagrado de disciplina e satisfação

 

A quietude da mente gera paz e serenidade

 

O paradigma da montanha russa explica o porquê da sua pouca satisfação com a vida

 

A importância de se entregar para a Vida. Aceitação, envolvimento, intensificar a vida

 


Respiração e ansiedade



TEXTO PROTEGIDO PELA LEI DE DIREITOS AUTORAIS

Licença para reprodução dos textos do site Psicologia Racional, siga as instruções.

 



Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...