sexta-feira, 11 de dezembro de 2020

Fuja do padrão neurótico de desprezar o que tem e valorizar o que não tem

 


“Como são grandes as coisas pequenas quando são valorizadas, aproveitadas e cuidadas...” Frases Sagradas do Caminho Nobre




O ditado antigo diz que “a manga do vizinho é sempre melhor”.

Ou seja, a pessoa despreza o que tem e deseja o que não tem.


O ditado revela como a IMATURIDADE gera insatisfação e negatividades.


Afinal, desprezar o que se tem e valorizar o que não se tem é autossabotagem pura.


Por que as pessoas continuam agindo assim?

Um dos motivos é que este padrão neurótico é DISFARÇADO através de crenças ilusórias e palavras bonitas.


A mente reativa produz frases bonitas que trazem muita negatividade.

Tome muito cuidado com frases assim: “vá atrás dos seus sonhos”.

Cuidado! Seu sonho pode ser FRUTO DO DESPREZO pelo que você tem.

Na maior parte das vezes será exatamente assim.


No exemplo anterior: a pessoa vai correr atrás do sonho com a manga do vizinho sendo que está desprezando a sua própria manga.


As pessoas reativas gostam do que não têm e se tem não conseguem APROVEITAR PLENAMENTE.

Este é um grande sofrimento que elas criam para si mesmas.

É um padrão neurótico que torna a vida difícil e complexa.


O que fazer?


Todas as vezes que você escutar frases ou palavras “bonitas”, você tem que tomar cuidado. Muitas vezes elas serão frutos de sua mente imatura.

Avalie se seus pensamentos são racionais;

se você está aproveitando as oportunidades;

se está valorizando as pessoas, coisas e situações;

se está sendo grato.


Seu foco deve estar no PRESENTE. 

Aproveite e valorize o melhor que existe em você, na sua vida e à sua volta. Tenha uma vida útil para o espírito.


E tome muito cuidado com suas crenças. Elas refletirão a sua imaturidade.


Autor: Regis Mesquita

Contato e terapia: regismesquita@hotmail.com


Reflexão baseada nos ensinamentos do livro A Espiritualidade no Dia a Dia


APRENDA MAIS:

1 - Pessoas que sofrem por causada mente reativa 

2 - Uma vida simples para ter tempo para amar

 


O grande desafio é a migração que todas as pessoas devem fazer da mente reativa para a Mente Neutra.  Caminho Nobre



SIGA A PSICOLOGIA RACIONAL NAS REDES SOCIAIS




A FILOSOFIA DA SATISFAÇÃO E DA SIMPLICIDADE


Quando a pessoa consegue valorizar o que existe, ela se foca no presente.

Focar no presente é um dos grandes segredos da satisfação e da simplicidade.

Portanto, não desperdice sua vida correndo atrás de ilusões. Não se complique desprezando o que é real.


LEIA TAMBÉM: Focar o presente e a simplicidade para ampliar a satisfação

 

Tenha metas, tenha objetivos. Mas, se apegue ao presente porque é nele que se constrói um futuro bom.


O presente é um MOMENTO PEQUENO E SAGRADO; quem acolher o que existe nele viverá melhor.


LEIA TAMBÉM: Estratégias para viver melhor e sem ansiedade. Desenvolva calma mental para multiplicar sua satisfação


O primeiro passo para a satisfação e felicidade é prestar atenção e valorizar o presente.

O segundo passo é aproveitar as oportunidades.


Exemplo:

o estudante estuda bastante.

O resultado é que aprende mais, desenvolve sua força interior e aumenta a sua autoestima.


O esforço intenso é premiado com ótimos resultados. Ou seja, os ganhos são multiplicados.

Ele aprende mais e desenvolve qualidades importantes.


Pessoas que prestam atenção e valorizam o presente estão CAPACITADAS para aproveitar as oportunidades.


É o modo mais simples de atingir a satisfação.


Autor: Regis Mesquita
FILOSOFIA CAMINHO NOBRE


APRENDA MAIS:

Sou o tipo de pessoa que vê beleza nas coisas mais simples e felicidade nas coisas mais bobas

 

 

A maior força transformadora da vida: aproveitar e valorizar tudo de bom que existe dentro de você. Livro: A Espiritualidade no Dia a Dia

 





O SER HUMANO É UM DESPERDIÇADOR DE OPORTUNIDADES


Reflita sobre a frase abaixo: 

"O ser humano é um desperdiçador de oportunidades que vive reclamando que a vida é difícil e complicada.”


É muito difícil para as pessoas entenderem a fala de São Francisco de Assis: “Não nos falta nada. É o paraíso!


Será que existe mesmo este paraíso na Terra? Como alguém pode se sentir tão satisfeito?

Qual o segredo?


São Francisco atingiu este nível de satisfação com algumas atitudes:


1) Aprendeu a se privar. Ele praticou a autoprivação. Somente quem se priva é capaz de manter o foco no que é realmente importante.


2) Ele rompeu com o orgulho. Ele não buscou aprovação social ou se envergonhou do que existia dentro dele. Ele revelou o melhor que havia dentro de si. Somente quem PERDE A VERGONHA e o medo da reprovação social é que consegue valorizar e desenvolver o que vem de dentro para fora.


3) Ele aprendeu a ACEITAR. Ele não lutava contra a realidade. Ele lutava a favor. Usufruir a realidade é igual a ter GRATIDÃO. Quem é grato reconhece o que é bom, valoriza o que é bom, cuida do que é bom. Portanto, tem força para aceitar e transformar o que precisa mudar.


LEIA TAMBÉM: Aceitar viver a vida intensamente


4) Ele foi o sábio que valorizou as pequenas situações e coisas. Diz o ditado: “como são grandes as coisas pequenas quando são valorizadas, aproveitadas e cuidadas...”. São Francisco sabia do grande potencial que existe nas pequenas atitudes do dia a dia.


5) Ele aproveitou a maior força de transformação positiva: “tudo se transforma positivamente quando você usa tudo de bom que há em você.” São Francisco usou seus recursos CONTINUAMENTE e com INTENSIDADE. Os recursos que estão dentro de você são o bastante para uma boa vida.


6) Ele entendeu que os desejos devem ser poucos. A mente presa em múltiplos desejos sempre foca o que não existe e no que não possui. Com o passar dos anos ela fica VICIADA neste processo: despreza o que está ao seu lado e sonha com o que está longe.


Observando as atitudes de São Francisco de Assis descobrimos que ele aproveitou muito e de várias formas a realidade que estava na sua frente. De tanto aproveitá-la, ele se sentiu saciado. 


O paraíso a que ele se refere está disponível para todos, pois é construído através de posturas mentais que todos podem ter. Mas, é exigido a disciplina de diminuir os desejos e focar o presente. Somente assim, o que existe à nossa volta é valorizado, usado e apreciado.


LEIA TAMBÉM: Siga os sinais da vida e evite a vida atrofiada


Não é a quantidade de oportunidades que conta, mas o constante aproveitar, valorizar e apreciar do que já existe. Te convidamos a agir desta forma. Os resultados são ótimos: menos stress, menos insatisfação, mais motivação, sabedoria e serenidade.


A sua transformação será progressiva e você conquistará muito mais se você valorizar e aproveitar intensamente o que existe agora, no presente.


Autor: Regis Mesquita

Contato: regismesquita@hotmail.com



ASSISTA O VÍDEO: Para que os desejos não sabotem sua vida - Canal Caminho Nobre

ASSISTA O VÍDEO



Fuja do padrão neurótico de desprezar o que tem e valorizar o que não tem



LEIA TAMBÉM:


Sua mente pode deixar seu corpo doente. Seu psicológico provoca doenças ou te ajuda na cura

 

Cuidado com o falso pensamento positivo. Aprenda a viver com a Mente Neutra

 

A arte de bem viver: jamais desprezar o que é positivo. Identifique os tesouros da sua vida que estão escondidos

 

Saiba como os adultos transformam-se em infelizes e insatisfeitos

 

Eu estava no paraíso e não sabia

 

A esposa que não soube intensificar sua alegria

 

 



TEXTO PROTEGIDO PELA LEI DE DIREITOS AUTORAIS

 

Licença para reprodução dos textos do site Psicologia Racional, siga as instruções.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...